Terça-feira, 24 de Maio de 2022

Home em foco Amazon decide aumentar o valor da assinatura Prime nos Estados Unidos

Compartilhe esta notícia:

Como previsto recentemente por analistas de mercado, a Amazon confirmou nesta semana um reajuste de US$ 20 na assinatura do serviço Prime, em princípio apenas nos Estados Unidos. O plano anual passou de US$ 119 para US$ 139, enquanto o mensal subiu de US$ 12,99 para US$ 14,99.

Os novos preços entram em vigor a partir do dia 18 de fevereiro. Para os assinantes antigos, a cobrança ajustada será aplicada após o dia 25 de março.

Para explicar o aumento, a Amazon citou os custos relacionados a salários e logística, bem como a expansão dos benefícios oferecidos aos colaboradores em meio a pandemia.

Vale lembrar que a gigante do varejo também apresentou o seu relatório fiscal referente ao quarto trimestre do ano passado. Após anunciar que os lucros praticamente dobraram no período, as ações da Amazon subiram 13% na sexta (4).

O resultado positivo foi atribuído principalmente ao retorno dos investimentos na fabricante de veículos elétricos Rivian e ao aumento da receita vinda das divisões de computação em nuvem (AWS) e publicidade digital.

Para alguns especialistas, o aumento no preço do Prime também desempenhou um papel relevante no entusiasmo do mercado de ações.

Prime

Lançado em 2005, o serviço Prime é considerado um dos pilares do sucesso da Amazon, servindo como porta de entrada para novos clientes, além de captar os hábitos dos consumidores através de suas decisões de compra. Só nos EUA, o Prime possui 150 milhões de assinantes, segundo o Digital Commerce 360.

A decisão de aumentar os preços, entretanto, já era especulada nos bastidores, já que a Amazon aumentou o valor do Prime pela última vez em 2018. Resta saber se a novidade também vai gerar impacto no bolso dos brasileiros. Por ora, a Amazon do Brasil não confirmou se os planos vão sofrer reajuste por aqui. O preço mensal do Prime no Brasil é de R$ 9,90, enquanto o plano anual sai por R$ 89.

O Amazon Prime é um serviço de assinatura que inclui benefícios em compras na loja e acesso a outras plataformas da empresa. É a única forma, por exemplo, de assistir o catálogo do Amazon Prime Video, um dos concorrentes da Netflix em streaming de filmes e séries. Para assinar, é só acessar amazon.com.br/prime, escolher o plano anual ou mensal e seguir para a forma de pagamento. O usuário terá direito a um teste grátis do serviço por 30 dias.

O serviço oferece frete grátis para compras com selo Prime, independente do valor da compra ou da região de entrega. Não há limite de compras ou entregas por mês. Os assinantes também têm acesso a ofertas exclusivas no site.

Em 2020, a Amazon estreou o Prime Day no Brasil. Com duração de 48 horas, é um evento semelhante a Black Friday, mas restrito apenas à loja da gigante do comércio eletrônico. Inclui promoções em diversas categorias de produtos. Para aproveitar, é preciso ser assinante Prime.

O Amazon Prime Video é o serviço de streaming que concorre com a Netflix. Antes, a assinatura custava R$ 14,90 (sim, mais caro que o próprio Prime), mas foi incorporado ao “serviço-mãe”. O catálogo tem conteúdo original e também séries e filmes licenciados. Antes do Disney+ chegar ao Brasil, o Amazon Prime era a única maneira de assistir às produções da Disney no País.

A Prime Gaming é a nova marca que substituiu o Twitch Prime. Nesse benefício estão os jogos mensais gratuitos para PC (Windows), conteúdos exclusivos de outros jogos como League of Legends, Rlobox, GTA Online, Valorant, Destiny 2, Paladins e uma assinatura de canal da Twitch por mês.

Diferente do Amazon Music Unlimited, o Prime Music dá acesso a uma biblioteca de pelo menos duas milhões de músicas por streaming — contra mais de 60 milhões do Music Unlimited. O catálogo serve como uma degustação ao que o usuário pode encontrar no serviço mais parrudo. Digamos que o Music Unlimited é a versão completa do Prime Music, mas é pago à parte: R$ 16,90 por mês. O Prime Music está incluso nos R$ 9,90.

Semelhante ao caso acima, o Prime Reading é como uma versão mais limitada do Kindle Unlimited, com um catálogo reduzido e rotativo de eBooks por empréstimo, para ler de graça.

E, assim como o Prime Music está para o Music Unlimited, podemos pensar numa degustação do Kindle Unlimited, qual custa R$ 19,90 por mês e tem uma biblioteca ainda maior de eBooks inclusos na assinatura.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Ministro Lewandowski do Supremo nega ter tido interesse na compra da casa do ex ministro da Educação
Senador Humberto Costa, do PT, lamenta abandonar candidatura em Pernambuco
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada