Terça-feira, 16 de Abril de 2024

Home Rio Grande do Sul Assembleia Legislativa homenageia médico gaúcho que recebeu o “Oscar” da oncologia

Compartilhe esta notícia:

O oncologista gaúcho Pedro Isaacsson Velho, do Hospital Moinhos de Vento, recebeu da Assembleia Legislativa a medalha da 55° Legislatura. Proposta pelo deputado estadual Fábio Ostermann (Novo), a homenagem é motivada pelo fato de o profissional ser referência internacional no segmento, especialmente em pesquisa clínica e tratamento do câncer de próstata, tipo mais comum da doença entre a população masculina do País.

Em junho deste ano, Pedro Isaacsson Velho conquistou um dos prêmios mais importantes da Sociedade Americana de Oncologia Clínica, ao apresentar estudo desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Moinhos, com a participação da instituição Johns Hopkins Medicine International (Estados Unidos). No foco de tal trabalho está uma nova forma de terapia para o câncer de próstata.

A honraria é comparada a uma espécie de “Oscar” da oncologia, por ampliar o reconhecimento aos profissionais que mais se destacam em suas áreas por meio de pesquisas desenvolvidas para melhorar a experiência e o tratamento de pacientes.

Durante a solenidade, realizada no Salão Júlio de Castilhos do Parlamento gaúcho, Ostermann discursou sobre a relevância do trabalho do oncologista e a respeito de como Isaacsson representa o Estado e a capital gaúcha.

“É uma honra para esta Casa entregar a honraria a um profissional extremamente qualificado e que leva o nome do Rio Grande do Sul para o mundo”, disse em um trecho de sua manifestação na tribuna.

Ao receber a Medalha, o médico – que comanda o Instituto de Pesquisa Moinhos – definiu como uma grande alegria o reconhecimento por parte do Legislativo do Estado onde nasceu:

“Agradeço pela proposição do deputado e também ao Hospital Moinhos de Vento, que acreditou no sonho de ser uma instituição líder em pesquisa no Brasil e da qual tenho o prazer de fazer parte”.

Isaacsson chamou a atenção, ainda, para o crescimento dessa área do conhecimento na instituição de saúde em menos de três anos. Essa expansão inclui um salto de 30 para 160 protocolos de pesquisa clínica em andamento.

Parceria

Em 2013, o Hospital Moinhos de Vento assinou acordo de afiliação à Johns Hopkins Medicine International, braço internacional da Johns Hopkins Medicine – um empreendimento de saúde global que reúne médicos e cientistas da Faculdade de Medicina da instituição, bem como organizações, profissionais e infraestrutura do Sistema de Saúde Johns Hopkins, incluindo o Hospital Johns Hopkins (o melhor dos Estados Unidos na avaliação da revista “News and World Report”)

Desde então, as duas instituições têm trabalhado em conjunto para desenvolver especialidades e monitorar e ampliar as melhores práticas médicas e assistenciais no Moinhos de Vento, com reflexão constante sobre o fazer em saúde, e para expandir a atuação em Educação e Pesquisa. O Hospital gaúcho é pioneiro no Brasil a estabelecer uma colaboração com a instituição internacional.

Além disso, o acordo facilita a transferência de conhecimento entre os médicos do Hospital Moinhos de Vento e seus colegas do Johns Hopkins de Baltimore, no Estado norte-americano de Maryland. Essa parceria abrange educação e treinamento, visitas técnicas, intercâmbios, eventos científicos, coleta de dados clínicos, desenvolvimento de pesquisas, preparação para novas certificações internacionais, qualificação de práticas médicas e planejamento de ampliação ou melhoria de infraestrutura, dentre outros itens.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Candidatos eleitos no Rio Grande do Sul em 2022 são diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral
Secretária estadual da Saúde é alvo de investigação da Polícia Federal
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias