Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2022

Home Porto Alegre Ballet Vera Bublitz apresenta “A Bela Adormecida” no Theatro São Pedro, em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Uma das mais tradicionais escolas do gênero no Rio Grande do Sul,  o Ballet Vera Bublitz retorna neste sábado (4) ao palco do Theatro São Pedro, em Porto Alegre, com a sua versão do clássico “A Bela Adormecida”. São duas apresentações (15h e 19h), mais duas na próxima terça-feira (16h e 19h30min). Ingressos à venda pelos telefones (51) 98590-0618 e 99933-3310. Informações em teatrosaopedro.com.br.

Trata-se da quarta montagem do espetáculo pelo ballet desde 1989. A primeira foi realizada no Salão de Atos da UFRGS, com a participação especial de Ana Botafogo e Paulo Rodriguesdos, primeiros-bailarinos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro na época. Já a segunda se deu em novembro de 1994 no Teatro da Ospa a terceira em 2010, no Teatro do Sesi.

“Estamos muito felizes por poder voltar ao palco com um espetáculo que encanta e será apresentado por revelações e talentos de todas as idades”, enaltece a diretora Vera Bublitz. “A motivação de bailarinos e bailarinas em se apresentar no Theatro São Pedro nos inspira e motiva.”

O espetáculo conta com apoio cultural de oito empresas: Adolfo Starosta Construções e Incorporações, Igor Casa Construção e Ferragem, Hemocard Biotecnologia, Laboterra Fine Fragrances, Melnick, Milena Juliano, Olhar Kids e Oti Transportes.

Fundada em 1964 na cidade gaúcha de Cruz Alta (Região Norte do Estado), a Escola de Ballet Vera Bublitz se transferiu para Porto Alegre em 1979, onde se consagrou como referência nacional na área da dança clássica.

A instituição conta hoje com dois endereços: rua Corte Real nº 227 (bairro Rio Branco) e rua Lucas de Oliveira nº 158 (Auxiliadora).

Clássico de 324 anos

O espetáculo da companhia porto-alegrense tem coreografia de Marius Petipa e como base um  balé com prólogo e três atos do compositor russo Piotr Ilitch Tchaikovski, com estreia no Teatro Mariinski de São Petersburgo em 1890.

A versão mais conhecida foi publicada como “Rosa dos Espinhos” pelos irmãos Jacob e Wilhelm Grimm na Alemanha em 1812. Eles se inspiraram em duas obras anterires: “Sol, Lua e Talia” (1634), de Giambattista Basile”, e “A Bela Adormecida do Bosque” (1607), do escritor francês Charles Perrault.

Na história (uma das mais conhecidas da humanidade até hoje), a protagonista é uma princesa enfeitiçada por uma bruxa vingativa ao ter um de seus dedos picados pela agulha de um tear. A jovem cai em sono profundo e só pode acordar com o beijo de um príncipe que tenha por ela um amor verdadeiro.

“A Bela Adormecida” ampliou a sua popularidade mundial a partir do desenho animado produzido pela Disney em 1959 e que conta uma história mais parecida com a versão dos Irmãos Grimm. Essa produção, no entanto, incluiu diversas adaptações na história.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Brasil tem média móvel de 208 mortes diárias por Covid nesta sexta
Equipe do ministro Paulo Guedes terá mudanças com nova “supersecretaria”
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde