Terça-feira, 16 de Abril de 2024

Home Eleições 22 Bolsonarista é contido após confusão com equipe de Ciro Gomes em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Um homem que disse ser apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL) precisou ser contido por seguranças de Ciro Gomes após uma confusão no Acampamento Farroupilha, em Porto Alegre, na tarde deste sábado (10). Ele teria gritado “Bolsonaro” próximo ao local onde estava a equipe e o próprio candidato do PDT, que cumpre agenda no Rio Grande do Sul neste final de semana.

A assessoria do candidato afirma que o homem estaria armado, mas a Brigada Militar (BM) negou a informação.

Segundo a BM, o homem tentou agredir apoiadores do candidato. Os envolvidos na confusão teriam se entendido ainda no local e não quiseram realizar o registro da ocorrência. A assessoria de Ciro Gomes, porém, informou, por meio de nota, que o homem foi retirado do local por ex-agentes da Polícia Federal que fazem a segurança do candidato após tentar agredir Ciro e a equipe.

Agenda de campanha no RS

Em agenda de campanha no Rio Grande do Sul neste sábado, Ciro Gomes esteve em Passo Fundo, na Região Norte, onde participou de um evento do partido para o lançamento da candidatura a vice-governadora do Rio Grande do Sul Regina Costa, na chapa do candidato Vieira da Cunha.

No local, falou sobre diversos temas, como segurança pública, participação das mulheres junto ao poder público e reforma tributária, dizendo que o Brasil é uma “economia atrasada, decadente”.

“A gasolina passou esses três anos agora sendo uma das mais caras do mundo. A Petrobrás pagou o maior volume de lucros e dividendos da história do mundo. O Brasil é uma economia atrasada, decadente, paralisada há 11 anos […]”

Durante a tarde, Ciro foi para Porto Alegre, onde esteve no Acampamento Farroupilha. No domingo (11), deve participar do evento de lançamento de campanha da candidata a deputada federal Juliana Brizola.

Nota da assessoria de Ciro Gomes

Um homem foi retirado pela Polícia Federal do Acampamento Farroupilha, na tarde deste sábado (10), após tentar agredir Ciro Gomes e sua equipe. O homem, apoiador de Bolsonaro, disse que estava armado e tentou causar confusão durante a passagem da comitiva de Ciro pelo Acampamento, tradicional evento realizado em Porto Alegre.

Os policiais federais que fazem parte da equipe de segurança de Ciro precisaram retirar o agressor do local para que nada mais grave acontecesse. O homem chegou a agredir fisicamente pessoas da equipe de Ciro. Todas as medidas estão sendo tomadas para que a polícia apure e o caso e a Justiça determine punição ao agressor.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Eleições 22

Brasil “exporta” o Pix para Colômbia e Canadá. Estados Unidos terão sistema próprio
Bolsonaro estuda ir ao funeral da rainha Elizabeth II
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News