Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2022

Home Rio Grande do Sul Brigada Militar forma 706 sargentos na primeira turma de um total de três

Compartilhe esta notícia:

A Brigada Militar realizou formatura do CTSP (Curso Técnico de Segurança Pública da Brigada Militar) nesta quarta-feira (22). Ao todo, 706 alunos foram habilitados ao cargo de segundo-sargento.

As solenidades ocorreram de forma simultânea em Porto Alegre, Passo Fundo, Montenegro, Osório, Rio Pardo, Santa Maria e Santa Rosa. O governador Eduardo Leite e o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, participaram da cerimônia na APM (Academia de Polícia Militar), na capital, onde se formaram 246 sargentos.

Em nome da sociedade gaúcha, o governador Eduardo Leite agradeceu aos formandos pela escolha da missão de servir ao povo e garantir a segurança. “Os que se dedicam à causa da segurança pública merecem o nosso mais profundo reconhecimento e gratidão. Se os milhões de gaúchos hoje circulam com a sensação crescente de segurança no dia a dia, e se temos uma redução profunda dos indicadores de criminalidade em todas as regiões do Estado, é também pelo trabalho dedicado dos nossos profissionais da segurança. E com a recuperação da capacidade de investimento, podemos agora realizar o chamamento desses profissionais todos os anos, sem deixar que se abra defasagem no efetivo e sem a retenção das promoções”, afirmou Leite.

O CTSP, que habilita soldados e terceiros-sargentos ao cargo de segundo-sargento, começou em agosto de 2021. Os 706 alunos, entre os quais 651 homens e 55 mulheres, completaram 670 horas-aula, com disciplinas de técnicas de ensino, Direitos Humanos, Direito Penal Militar, Análise Criminal e estágio operacional entre outros.

O curso foi supervisionado pelo Departamento de Ensino e coordenado pela EsFAS (Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos). O segundo-sargento Carlos Alexandre Lopes da Silva foi o primeiro colocado no curso, com média final 10.

O CTSP tem o objetivo de habilitar o policial militar para o desempenho das funções de sargento, proporcionando conhecimento teórico que o qualifique para o correto desempenho das atividades, aliando os conhecimentos profissionais adquiridos pela experiência na BM aos saberes acadêmicos proporcionados pelo curso.

A qualificação busca promover uma polícia cidadã voltada para a prestação do serviço de segurança pública com qualidade, norteada pelo princípio estado democrático de direito.

O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior parabenizou os novos sargentos e destacou o bom momento que o Estado vive em relação aos indicadores de criminalidade

“Estamos terminando 2021 com o dever cumprido, porque mais uma vez, graças ao trabalho dos nossos operadores de segurança, teremos os indicadores de criminalidade batendo recordes de redução. Para potencializar esses resultados, estamos investindo ainda, no Avançar na Segurança Pública, R$ 280,3 milhões até o próximo ano. Só para a BM, são quase R$ 117 milhões em equipamentos, viaturas semiblindadas, armamento e tecnologia”, afirmou Ranolfo.

A turma formada nesta quarta-feira  é a primeira de três previstas, que irão totalizar 2.100 vagas abertas no chamamento autorizado neste ano. O preenchimento das vagas seguiu o critério de 50% por antiguidade na corporação e 50% por merecimento, que consistiu na aplicação de uma prova para todos os candidatos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Agência reguladora dos Estados Unidos aprova uso emergencial de pílula contra o coronavírus da Pfizer
Porto Alegre registra quatro novos casos da variante Ômicron
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada