Sábado, 02 de Março de 2024

Home Brasil Calendário de chegada de vacinas da varíola dos macacos ao Brasil deve estar pronto nesta semana

Compartilhe esta notícia:

O calendário de chegada das vacinas contra a varíola dos macacos, ou Monkeypox, no Brasil deve ser oficializado nesta semana, segundo informou a representante da Opas/OMS, Socorro Gross, em coletiva de imprensa feita pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (15).

“Esperamos ter o calendário de chegada das vacinas durante esta semana, e vão ser também escalonadas as 50 mil que o Brasil comprou das 100 mil que foram disponibilizadas pelo laboratório”, disse.

Anteriormente, o ministério havia informado que as doses deveriam chegar em duas remessas: em setembro e novembro. Sobre as datas, Gross afirmou hoje que não tem “nesse momento como apresentar um calendário. Sabemos, sim, que uma parte das vacinas vai chegar muito em breve”.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga explicou que, a princípio, essas doses serão destinadas a profissionais que lidam com material contaminado pelo vírus que causa a doença.

Gestantes

De acordo com o Ministério da Saúde, ainda não há informações suficientes relacionadas ao comportamento da doença em gestantes no surto atual.

“O que a gente já sabe, baseado nos casos prévios de surtos anteriores na África é que, basicamente, em gestante ela tende a ter uma apresentação mais greve. Por exemplo, a sequela de cegueira tende a ser mais comum em grávidas”, afirmou o secretário Raphael Câmara.

“Em relação ao desfecho da gravidez, por enquanto, o que se sabe é que ela apresenta mais tanto aborto de primeiro trimestre quanto parto prematuro”, completou.

Em relação aos bebês, o secretário afirmou que não há nenhuma evidência, neste momento, que relacione à varíola dos macacos à malformação congênita – que é uma anomalia funcional ou estrutural que acomete o desenvolvimento do feto.

O ministério recomendou que mulheres diagnosticadas com varíola dos macacos sejam desaconselhadas ao contato pele a pele com seus bebês, o que inclui evitar a amamentação enquanto existirem lesões ativas no corpo.

Além disso, também foi indicado que as gestantes e seus parceiros evitem se relacionar sexualmente com desconhecidos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Tribunal de Contas gaúcho entrega lista de contas irregulares e pareceres desfavoráveis à Justiça Eleitoral
Ministro do Supremo manda Planalto e Congresso se manifestarem sobre piso salarial da enfermagem
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde