Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021

Home Economia Cidades argentinas perto da fronteira com o Brasil limitam venda de gasolina a brasileiros

Compartilhe esta notícia:

Cidades estrangeiras perto da fronteira com o Brasil decidiram limitar a venda de combustíveis a cidadãos brasileiros. Em um posto de combustíveis que fica em Cidade do Leste, no Paraguai, boa parte da clientela é brasileira. Lá, o litro da gasolina sai por R$ 5,33. O valor é R$ 1 mais em conta que na maioria dos postos de Foz do Iguaçu, do outro lado da fronteira.

Na Argentina, essa diferença no preço pode ser ainda maior. É possível economizar até 50% ao encher o tanque. Em um posto, por exemplo, o litro da gasolina custa o equivalente a R$ 3,20, o que explica a fila de carros brasileiros para abastecer.

Chegou a faltar gasolina em Porto Iguaçu, o que fez com que a prefeitura e donos de postos decidissem limitar a venda do combustível em 15 litros para quem cruza a fronteira. Nada que desanimasse os brasileiros, que ainda precisam enfrentar várias exigências para entrar na Argentina, como comprovar a vacinação completa há pelo menos 14 dias.

A Petrobras mantém os valores alinhados ao mercado internacional. Na Argentina, desde 2002, há subsídios aos combustíveis e, quando o governo libera aumento, a estatal YPF reajusta os preços em margens menores do que o mercado internacional, o que acaba levando as empresas privadas a suavizar os aumentos.

“Argentina também tem uma questão peculiar, tem grande parte dos veículos, principalmente na Grande Buenos Aires e Rosário, que têm a maior população, os veículos são movidos a gás natural, e a Argentina tem gás natural. Eles são autossuficientes. Então, o mercado da Argentina é um pouco diferente, ele não sofre tanto as oscilações internacionais”, explicou o professor de Engenharia de Energia Ricardo Hartmann.

No Brasil, a gasolina acumula alta de mais de 70% este ano. Quando a oportunidade de economizar apareceu, o estudante Arthur Soeiro já chegou ao posto argentino com o dinheiro na mão.

“Muita felicidade. Depois de tanto tempo abastecendo a quase R$ 7 o litro, agora aqui a R$ 3,20. É uma diferença muito grande”, afirmou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Pessoas resistentes ao coronavírus inspiram nova tática para vacinas
Vencedora no leilão do 5G de lote que inclui rodovias terá de cobrir com internet mais de quatro mil quilômetros adicionais
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada