Segunda-feira, 04 de Julho de 2022

Home Flávio Pereira Deputado Fábio Ostermann: “Israel é um oásis de liberdade e democracia”

Compartilhe esta notícia:

O Estado de Israel recebeu ontem uma homenagem do Legislativo gaúcho pelos 74 anos da sua criação. O deputado Fábio Ostermann (NOVO) requereu um grande expediente na Assembleia Legislativa para homenagear ao aniversário da Independência de Israel. Neste sábado, dia 14 de maio, a única democracia do Oriente Médio vai completar 74 anos desde a sua criação como Estado.

Da tribuna da Assembleia, Fábio Ostermann mencionou que a busca pela paz é uma necessária vocação israelense. O parlamentar ainda reforçou que o país tornou-se uma referência de tecnologia e inovação.

“Cercado por ditaduras e grupos fundamentalistas, que subjugam a população pela força e pela propaganda, Israel é um oásis de liberdade e democracia. Um país próspero, que floresceu do trabalho de homens e mulheres determinados”, afirmou Ostermann.

Bolsonaro critica falta de compostura do ministro Edson Fachin

O presidente Jair Bolsonaro reagiu ontem a – mais uma – falta de compostura do ministro Edson Fachin, atual presidente do TSE, que insinuou que as Forças Armadas pretendem interferir no processo eleitoral: “Eu não sei de onde ele [Fachin] está tirando esse fantasma de que as Forças Armadas querem interferir na Justiça Eleitoral. As Forças Armadas não estão se metendo nas eleições. Elas foram convidadas. […] Não se refira dessa forma às Forças Armadas. É uma forma bastante descortês de tratar uma instituição que presta, em várias áreas, excelentes serviços ao Brasil”.

Indústria sofre com greve dos auditores

A Confederação Nacional da Indústria apurou que 72% das empresas industriais, atribuem à greve de auditores fiscais da Receita Federal a redução na produção e comercialização dos seus produtos. Este prejuízo é causado pela lentidão no desembaraço dos produtos, tanto na importação como na exportação, em razão da greve dos auditores. Os auditores, fazem a greve em busca de melhores salários, mas penalizam na ponta os empreendedores industriais, obrigando-os a buscarem soluções para aquisição de insumos, e escoamento da produção, no judiciário.

União Brasil tem pressa

Elegante, mas de olho no ritmo próprio do processo eleitoral, o presidente do União Brasil, Luiz Carlos Busato, deu seu recado: o partido é grato por participar no atual governo, do projeto de implementação das mudanças necessárias para o futuro do Estado, mas não pode ficar preso ao ritmo de decisões pessoais do ex-governador Eduardo Leite quanto ao seu futuro político.

O colunista interpretou na conversa que teve com Busato, que ele entende que o União Brasil ainda tem muito a oferecer na busca de um futuro de desenvolvimento do Estado, mas futuro pode não estar necessariamente ligado apenas ao projeto pessoal do ex-governador Eduardo Leite.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Pré-candidato ao Piratini, Onyx Lorenzoni sugere vice indicado pelo União Brasil
Bolsonaro: “Às vezes, o inimigo não está nos morros, mas nos gabinetes com ar-condicionado”
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde