Domingo, 22 de Maio de 2022

Home Inter Em nome dos jogadores, Cuesta, Gabriel e Maurício prometem “virada de chave” no Inter

Compartilhe esta notícia:

Para amenizar um pouco os ânimos no ambiente colorado, após a derrota para o Globo-RN e a eliminação precoce na Copa do Brasiltrês jogadores do Inter convocaram uma entrevista coletiva para falar em nome do grupo: Victor Cuesta, Gabriel e Maurício.

VICTOR CUESTA

Todos os jogadores defenderam a insatisfação dos torcedores colorados que estão indignados com a situação que o clube atravessa. Assumindo a responsabilidade, e prometendo mudanças a partir de domingo, Victor Cuesta garantiu: “O trabalho está sendo bem feito, bem repassado pelo treinador. Agora é focar no Gauchão, onde não estamos indo muito bem”.

O argentino comentou entender as críticas, e reiterou que “ninguém quer ganhar um título mais do que eu”. E projetou o anímico do time para os próximos compromissos: “Tem que demonstrar dentro de campo. Tem que querer. Mostrar personalidade. E faltou tudo isso ontem. Senti que faltou de todos os jogadores que entraram em campo, e não pode acontecer de novo”.

Questionado sobre jogadores que estão há muito tempo no clube e que não conseguiram ainda vencer um título com a camisa colorada, o zagueiro argentino rebateu: “Claro que tivemos derrotas dolorosas, como a de ontem, mas tem jogador muito bom aqui e é difícil trocar todo mundo e trazer mais 30 jogadores”.

GABRIEL

Mesmo recém chegado ao clube, Gabriel foi um dos jogadores que se propôs para conversar diretamente com a torcida colorada. O atleta explicou seus motivos: “O grupo está bem fechado quanto a isso. Isso realmente mostra que a responsabilidade não é apenas dos mais experientes, ou da base, ou de quem chegou. Eu vim representar os novos que chegaram e o Inter”.

O volante destacou o fato de estar apenas no início da temporada e ter muita coisa ainda pela frente. “Temos que virar a página e aprender com os erros. Estamos a recém em março e tem muita coisa pela frente. Se não aprendermos agora pode ser pior mais para frente. Estamos dando a cara a tapa”.

Porém, questionado sobre uma confiança na permanência do técnico Cacique Medina, o volante desviou: “Não cabe a nós a resposta, até porque estamos focados em fazer o nosso melhor e entregar os resultados que o clube merece”. E falou sobre o entendimento nas ordens passadas pelo treinador uruguaio: “A comissão técnica tem uma ideia de jogo que os jogadores entenderam mas que ontem não conseguimos pôr em prática”.

MAURÍCIO

Como informado pela assessoria do clube, Victor Cuesta falou pela experiência, Gabriel falou pelos recém chegados, e Maurício representando os jovens. Apesar da pouca idade, o meia de 20 anos também assumiu a responsabilidade pelo mau momento colorada na temporada: “Mesmo por conta da idade, não me sinto mais um menino, só eu sei de tudo pelo que passei. A cobrança interna existe muito, a gente conversa todos os dias sobre o que tem que melhorar”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Inter

Medina analisa como “dura derrota” eliminação precoce do Inter na Copa do Brasil
Inter enfrenta o Aimoré neste domingo, em busca da vitória para voltar ao G4 no Campeonato Gaúcho
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News