Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

Home em foco “Ensaio de pré-casamento”: fotos de Lula com o presidente da França na Amazônia rendem memes e piadas nas redes sociais

Compartilhe esta notícia:

A primeira visita de Emmanuel Macron ao Brasil rendeu memes nas redes sociais. O presidente da França desembarcou em Belém na última terça-feira (26), onde encontrou com Lula para discutir questões climáticas e preservação ambiental.

As fotos do encontro entre os líderes chamaram atenção de usuários do X (antigo Twitter), que chegaram a comparar as imagens a um ensaio fotográfico pré-casamento.

Belém será a sede da próxima Conferência do Clima da ONU, a COP 30, em 2025. Durante o encontro, os presidentes da França e do Brasil anunciaram um programa que pretende investir 1 bilhão de euros na bioeconomia da Amazônia brasileira e da Guiana, território ultramarino da França na América do Sul.

Emmanuel Macron também foi a São Paulo para um encontro com investidores brasileiros. Nessa quarta (27), ele também esteve no Rio de Janeiro, onde lançou ao mar um submarino junto com Lula. O presidente francês também irá a Brasília.

Cooperação

Macron defendeu a cooperação tecnológica com o Brasil para desenvolvimento do primeiro submarino nuclear da América Latina. Em visita ao Complexo Naval de Itaguaí, no Rio de Janeiro, onde acompanhou o lançamento do submarino Tonelero, de propulsão convencional, ele elogiou a parceria entre os países e disse que foi desenvolvida uma relação fraternal entre as duas Forças Armadas, inclusive em aspectos estratégicos.

“Nós temos a convicção de que podemos criar uma nova página na cooperação estratégica entre nossos países”, declarou Macron, acompanhado do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva.

“Meu querido Lula, esse será o local da construção de alguns dos submarinos mais avançados do mundo, e o único [nuclear] do Hemisfério Sul. A França acreditou nessa aventura ao lado de vocês, com todas as suas competências. Nós conseguimos construir. Hoje, posso dizer que vocês tinham razão em acreditar [no Programa de Desenvolvimento de Submarinos, o Prosub], e nós tínhamos razão em apoiar vocês.”

Citado indiretamente por Macron, o Prosub é fruto de uma parceria entre o Brasil e a França firmada em 2008, com um cerca de R$ 40 bilhões para o desenvolvimento de cinco submarinos, sendo quatro convencionais, de propulsão diesel-elétrica, e um de propulsão nuclear.

Até o momento, foram entregues três submarinos convencionais — o Tonelero, o Humaitá, operacional desde janeiro deste ano, e o Riachuelo, incorporado à Marinha em setembro de 2022 — e um quarto, o Angostura, deve ser entregue a partir de 2025. A ideia de Lula, como frisou em seu discurso em Itaguaí, é usar o lançamento do Angostura como um marco das celebrações dos 200 anos de relações diplomáticas entre Brasil e França, no ano que vem.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Em aceno à militares, Lula diz que tem “carinho” pelas Forças Armadas
Visita diplomática do presidente da França ao Brasil: Lula comete gafe e chama Emmanuel Macron de Nicolas Sarkozy
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News