Domingo, 22 de Maio de 2022

Home Mundo Estados Unidos alertam contra viagens para mais 22 destinos por causa da covid, incluindo Argentina e Uruguai

Compartilhe esta notícia:

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos advertiu, nesta terça-feira, contra viagens a 22 países e territórios devido a um número crescente de casos de Covid-19, incluindo Israel, Austrália, Egito, Albânia, Argentina e Uruguai.

O CDC elevou seu alerta de viagem a esses locais para o nível 4, equivalente a “muito alto”, dizendo aos norte-americanos que deveriam evitar viajar para esses destinos, que também incluem Panamá, Catar, Bahamas, Barein, Bermudas, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Turcas e Caicos, Suriname, Santa Lúcia e Bolívia.

No total, o CDC agora lista pouco mais de 100 países e territórios no nível 4.

O CDC também elevou outros 20 países ao nível de alerta 3, equivalente a “alto”, incluindo Uganda, Kuweit, Jamaica, Costa Rica e Cuba. O Brasil se encontra atualmente neste nível.

O CDC recomenda que os norte-americanos não vacinados evitem viagens não essenciais para esses destinos.

Máscara

Os CDCs dos Estados Unidos revisaram ontem sua orientação sobre o uso de máscaras para proteger contra a covid, recomendando usar “a máscara mais protetora possível”, sem defender o uso nacional de respiradores N95.

O CDC, uma agência que os críticos acusaram de oferecer orientações inconstantes e confusas em meio à pandemia, esclareceu em seu site “que as pessoas podem escolher respiradores como N95s e KN95s, incluindo a exclusão de preocupações relacionadas à escassez de suprimentos para N95s”.

Os americanos devem “usar a máscara mais protetora que puder, que se encaixe bem e que você usará de forma consistente”, acrescentou o CDC.

Os Estados Unidos lideram o mundo em mortes pela covid-19 – cerca de 850 mil – mesmo enquanto lutam contra uma onda de casos envolvendo a variante ômicron, de rápida disseminação. Para complicar as coisas, há a recusa de alguns americanos em se vacinar.

O presidente Joe Biden disse na quinta-feira que o governo federal planeja disponibilizar “máscaras de alta qualidade” gratuitamente aos americanos. Em outra etapa, a Casa Branca disse que o governo começará a enviar 500 milhões de testes de covid para os americanos no final deste mês sem cobrança.

O CDC disse que quer incentivar os americanos a usarem máscaras em vez de forçá-los a usar a proteção facial de mais alta qualidade, mas também disse explicitamente que os respiradores fornecem o melhor nível de proteção. Ele disse que “produtos de tecido fornecem a menor proteção”.

“Usar máscara é uma ferramenta crítica de saúde pública para impedir a propagação da covid-19, e é importante lembrar que qualquer máscara é melhor do que nenhuma máscara”, acrescentou o CDC.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Reino Unido tem maior número diário de mortes por covid em 1 ano
Primeiro-ministro interino do Afeganistão pede o reconhecimento oficial do governo do Talibã
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa