Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Home Rio Grande do Sul Fachada do Palácio Piratini é iluminada com as cores da bandeira da Ucrânia

Compartilhe esta notícia:

Em homenagem ao drama enfrentado pelo povo da Ucrânia desde o início da invasão e ataques pelo Exército russo, a fachada do Palácio Piratini está iluminada pelas cores azul e amarela, que estampam a bandeira do país europeu. A instalação noturna pode ser conferida no prédio centenário do Centro Histórico de Porto Alegre.

Conforme o governo do Rio Grande do Sul, trata-se de “uma singela homenagem à resistência do povo ucraniano, pois acima de tudo estão a paz e a defesa da vida, da autodeterminação dos povos, da democracia e da liberdade como princípios éticos e cuja violação deve ser sempre condenada de maneira intransigente”.

Recentemente, a sede do Executivo estadual há havia recebido esse mesmo tipo de projeção, mas com outras cores e sob outra motivação: o Dia Mundial das Doenças Raras, celebrado em 28 de fevereiro (segunda-feira passada).

A decoração incluiu outros prédios públicos, como a vizinha Assembleia Legislativa e o Centro Administrativo Fernando Ferrari, no bairro Praia de Belas. Também entraram no roteiro os estádios de Inter (bairro Cristal) e Grêmio (Humaitá).

O objetivo é chamar a atenção para a importância da conscientização sobre o assunto, já que  em todo o planeta 300 milhões de pessoas sofrem com esse tipo de problema de saúde – cerca de 650 mil delas só no Rio Grande do Sul. A mobilização foi capitaneada pela Rede de Apoio aos Raros, grupo multidisciplinar que integra os setores público e privado em torno de objetivos relacionados ao assunto.

Dentre os parceiros estão instituições como e prefeitura de Porto Alegre, Santa Casa de Misericórdia, Hospital Moinhos de Vento e Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). Além destes, outros importantes aliados devem ser anunciados em breve.

As luzes projetadas sobre as sedes de órgãos públicos e estádios de futebol também têm por finalidade divulgar a Casa dos Raros, centro inédito na América Latina e que deve ser inaugurado ainda neste ano na capital gaúcha, cidade de destaque no setor da saúde.

Um prédio já está sendo construído no bairro Santa Cecília (Zona Leste) para abrigar a instituição e também foi “pintado” nesta semana com as três cores da campanha.

“O espaço foi idealizado para ampliar o acesso diagnósticos rápidos e precisos, além de proporcionar tratamento, estimular pesquisas e treinar profissionais na área de doenças raras”, salientam os protagonistas da iniciativa.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Confirmada morte de dois jogadores na invasão da Rússia na Ucrânia
Apple boicota Rússia e interrompe negócios no país
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde