Quinta-feira, 30 de Maio de 2024

Home Polícia Grupo de mães realiza protesto contra incidente que resultou na morte de jovem em São Gabriel

Compartilhe esta notícia:

Um grupo de mulheres realizou um protesto a área central de São Gabriel (Fronteira-Oeste), na tarde deste sábado (20). Com aproximadamente 200 participantes, a manifestação foi organizada por mães de crianças e adolescentes, indignadas com o suposto envolvimento de três brigadianos na morte do jovem Gabriel Marques Cavalheiro, 18 anos.

Com palavras de ordem, faixas e cartazes, elas também exigiram Justiça. O grupo percorreu diversas ruas até chegar à área em frente a uma Delegacia de Polícia, onde permaneceu por mais algum tempo.

“Temos filhos em casa e não queremos que aconteça o mesmo com eles!”, declarou à imprensa local uma das engajadas. “Isso não pode se repetir jamais!”, bradou outra mulher, segurando uma cartolina com frase cobrando providência por parte das autoridades.

Ela se referia à abordagem policial da madrugada do dia 13 de agosto, à qual Gabriel teria resistido. Imagens e testemunhas mostram que ele foi algemado, colocado no banco de trás de uma viatura e conduzido até a localidade de Lava Pé, na zona rural, a 2 quilômetros dali.

Nunca mais foi visto com vida – seu corpo foi encontrado dentro do açude na tarde de sexta-feira (19), após uma semana de buscas. Os policiais envolvidos na ação já estão presos preventivamente e tiveram seus celulares recolhidos para perícia, mesmo procedimento aplicado à viatura utilizada.

De acordo com a versão do trio de policiais, o próprio jovem estava confuso pediu para ser deixado na área onde há o açude, com o suposto argumento de que outros parentes moravam por ali. Registros de monitoramento por GPS da BM mostram que a viatura que transportava o guaibense permaneceu quase 2 minutos no local.

O procedimento, que segundo a própria BM envolveu uma série de irregularidades, foi realizado depois que a moradora de uma casa acionou o telefone 190, assustada por uma suposta tentativa de entrada de Gabriel no local. Ele residia em Guaíba (Região Carbonífera) mas estava na cidade da Fronteira-Oeste desde o começo do mês, para dar início ao serviço militar obrigatório.

Despedidas

Enquanto as mulheres percorriam as ruas da cidade gaúcha, o corpo do rapaz chegava ao cemitério local para o velório, após passar por exame necropsial – o laudo do Instituto-Geral de Perícias (IGP) deve ter a sua conclusão divulgada em até 30 dias.

A cerimônia teve a sua primeira parte restrita a familiares e à noite foi aberta ao público em geral, prosseguindo até as 8h30min deste domingo (21), horário do sepultamento.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Preço médio da gasolina nos postos gaúchos ficou 2,2% mais barato na semana
Brigadianos investigados por morte de jovem na Fronteira-Oeste são transferidos para prisão em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News