Quarta-feira, 29 de Maio de 2024

Home Variedades Livro sobre Janja traz curiosidades sobre a primeira-dama; confira algumas

Compartilhe esta notícia:

Embora seja a estrela o símbolo do PT, partido de Lula, é a lua cheia que mais prende os olhos de Janja no céu. Essa e outras curiosidades sobre a mulher do atual presidente são contadas no livro “Janja, a militante que se tornou primeira-dama” (R$ 54, a versão impressa, e R$ 39, a versão e-book), da editora Máquina de Livros. A obra foi escrita pelos jornalistas Ciça Guedes e Murilo Fiuza de Melo.

Na publicação, a dupla traça um perfil detalhado de Janja, que se filiou aos 17 anos ao PT. As lutas da primeira-dama em defesa dos direitos das mulheres e das minorias, o trabalho como executiva na maior hidrelétrica do país, os bastidores de sua atuação enquanto o então namorado esteve preso e o dia a dia com Lula são revelados em um livro-reportagem com informações inéditas, produzido a partir de entrevistas e pesquisas.

“Lula conta, como principais conselheiros, com pessoas que o acompanharam ao longo de seu período na prisão. Ao lado de Gleisi Hoffmann e Fernando Haddad, Janja é um dos personagens mais proeminentes desse grupo”, afirma Murilo.

Os jornalistas também assinam a autoria do livro “Todas as mulheres dos presidentes”, que analisa o papel de todas as primeiras-damas brasileiras desde 1889.

“Pelo papel que Janja tem, acreditamos que seria fundamental conhecer a trajetória dela de militante petista a primeira-dama,  pontua Ciça.

Confira algumas curiosidades presentes nas páginas:

A despedida

Janja já namorava Lula quando o petista foi preso no Sindicato dos Metalúrgicos, em Santo André, em abril de 2018. Os dois viviam a fase do início da relação e não se desgrudavam. Ela estava lá na ocasião.

Escolta

Apesar dos pedidos de Lula, a socióloga sempre dava um jeito de sair sem seguranças. Até que um dia, em Curitiba, ela foi surpreendida por um bêbado armado, que ameaçou seu grupo, e cedeu às orientações.

Lua cheia

Janja ama a lua cheia. Durante a prisão de Lula, ela contou 18 luas cheias. O satélite também estampou o seu vestido de noiva e, no dia do casamento, a lua cheia apareceu, como ela desejava.

Amor pelo Rio

Se dependesse de Janja, ela e Lula teriam se mudado para o Rio. A primeira-dama é apaixonada pela cidade, onde viveu por seis anos. Morando em Ipanema, fazia aulas de funcional na praia e ia aos sambas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Disney+ perde quatro milhões de assinantes no primeiro trimestre
“A dopamina é a química do sexo, das drogas e do rock and roll”, diz psiquiatra
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias