Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Home em foco Mais de 151 milhões de brasileiros estão totalmente imunizados contra a covid; quase 51 milhões tomaram a dose de reforço

Compartilhe esta notícia:

Os dados do consórcio de veículos de imprensa deste domingo (6) mostram que 151.067.205 pessoas estão totalmente imunizadas. Este número representa 70,32% da população total do País. A dose de reforço foi aplicada em 50.782.047 pessoas, o que corresponde a 23,64% da população.

A população com 5 anos de idade ou mais (ou seja, a população vacinável) que está parcialmente imunizada é de 83,43% e a população com 5 anos ou mais que está totalmente imunizada é de 75,48%. A dose de reforço foi aplicada em 31,39% da população com 18 anos de idade ou mais, faixa de idade que atualmente pode receber o reforço da vacinação.

15 estados e o Distrito Federal divulgaram números da vacinação de crianças entre 5 e 11 anos: Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. No total, 2.946.800 doses foram aplicadas em crianças, que estão parcialmente imunizadas. Este número representa 14,37% da população nessa faixa de idade que tomou a primeira dose.

10 estados e o DF não divulgaram dados da vacinação na população geral.

Estados com maiores percentuais de totalmente imunizados (2ª dose + dose única): SP (79,63%), PI (77,26%), MG (73,98%), MS (72,83%) e RS (72,74%).

Dados

— Total de pessoas que estão totalmente imunizadas (que receberam duas doses ou dose única): 151.067.205 (70,32% da população total e 75,48% da população vacinável, com 5 anos ou mais)
— Total de pessoas que receberam a dose de reforço: 50.782.047 (23,64% da população total e 31,39% da população vacinável, com 18 anos ou mais)
— Total de pessoas que estão parcialmente imunizadas (que receberam apenas uma das doses necessárias): 166.982.712 (77,73% da população e 83,43% da população vacinável, com 5 anos ou mais)
— Total de crianças de 5 a 11 anos que tomaram a primeira dose: 2.946.800 (14,37% da população entre cinco e 11 anos)
— Total de doses aplicadas: 368.831.964 (75,53% das doses distribuídas para os estados)
— 16 estados divulgaram dados novos: PB, PE, MA, TO, AM, AC, RJ, SC, RN, PI, SP, MS, PA, ES, BA, GO
— 10 estados e o DF não divulgaram dados novos: AL, AP, MG, MT, SE, PR, RO, CE, , DF, RR, RS

Mortes

O Brasil registrou neste domingo 420 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 632.289 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 767 — a maior registrada desde 21 de agosto do ano passado (quando estava em 773). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +149%, indicando tendência de alta nos óbitos decorrentes da doença.

Na sexta-feira passada, o consórcio voltou a registrar mais de mil mortos por Covid em um só dia. Antes, a última vez com mais de mil mortos havia sido registrada em 19 de agosto de 2021.

O país também registrou 64.591 novos casos conhecidos de Covid-19 em 24 horas, chegando ao total de 26.536.597 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 169.301. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +13%, indicando tendência de estabilidade nos casos da doença.

A média móvel de vítimas da doença atinge agora um patamar 4 vezes maior do que estava às vésperas do ataque hacker que gerou problemas nos registros em todo o Brasil, ocorrido na madrugada entre 9 e 10 de dezembro. Na época, essa média indicava 183 mortos por Covid a cada dia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Ministro da Saúde alerta que País ainda não atingiu o pico da variante ômicron
Bolsonaro terá que arbitrar disputas regionais entre ministros e aliados para as eleições deste ano
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde