Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

Home Copa do Mundo 22 Messi supera Maradona e se torna o sul-americano com mais jogos em Copas; veja lista

Compartilhe esta notícia:

Bastou o apito inicial do árbitro para Lionel Messi fazer história na Copa do Mundo do Catar. Titular da Argentina, que enfrentou a Polônia, nesta quarta-feira (30), o camisa 10 quebrou uma marca histórica simplesmente por estar em campo: se tornou o sul-americano com mais jogos na história dos Mundiais.

Messi chegou a 22 jogos no total – já contando o duelo diante da Polônia – e superou Diego Maradona. Curiosamente, eles também estão empatados em gols em Mundiais: oito para cada. Antes, o camisa 10 já havia superado Mascherano e Cafu em número de jogos.

Sul-Americanos com mais jogos em Copas do Mundo:

– Lionel Messi (Argentina): 22 jogos;

– Diego Maradona (Argentina): 21 jogos;

– Cafu (Brasil): 20 jogos;

– Javier Mascherano (Argentina): 20 jogos.

Anteriormente, Messi já havia quebrado duas marcas históricas também simplesmente por estar em campo. O primeiro deles preza pela longevidade: Messi se tornou o jogador com menos idade a disputar cinco Copas do Mundo na história. O atacante do PSG chegou no Catar com 35 anos, superando Gianluigi Buffon, que chegou com 36 anos para a disputa de sua quinta Copa do Mundo pela seleção da Itália, em 2014.

O astro argentino também se tornou o atleta argentino com mais Copas do Mundo disputadas na história. Ele superou Diego Maradona e Javier Mascherano nesta contagem:

– Lionel Messi (2006, 2010, 2014, 2018 e 2022);

– Diego Maradona (1982, 1986, 1990 e 1994);

– Javier Mascherano (2006, 2010, 2014 e 2018).

Messi também pode se tornar o jogador que mais jogos disputou na história da Copa do Mundo – se chegar até a final. Chegaria a 26 e superaria os 25 de Lottar Matthaus. Por fim, caça Gabriel Batistuta como maior artilheiro argentino da história dos Mundiais. Ele tem seis gols enquanto o líder da lista tem 10.

Próximo jogo

Líder, a Argentina enfrentará a Austrália nas oitavas de final, em partida marcada para o próximo dia 3, às 16h (de Brasília), no Estádio Ahmad Bin Ali. Trata-se do encontro da 3ª colocada do ranking da Fifa contra a 38ª.

Caso avance, é provável que o adversário seja a Holanda, que enfrentará os Estados Unidos. A Argentina também aparece como favorita neste caso porque, apesar dos percalços nesta Copa do Mundo, os holandeses também estão passando longe de convencer dentro de campo. Apesar de liderada por Cody Gakpo, terá que suar mais se quiser avançar de fase.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Copa do Mundo 22

Saiba como o treino na piscina ajuda Neymar a se recuperar e quais são os próximos passos para a volta
Argentina, Brasil e Paraguai advertem Uruguai sobre acordo comercial separado do Mercosul
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News