Sexta-feira, 01 de Julho de 2022

Home Dicas de O Sul “Museu dos Meninos” é uma das atrações do Palco Giratório 2022

Compartilhe esta notícia:

Diante das mudanças conjunturais emergentes nos tempos atuais e afirmando a reinvenção promovida pelas artes, o Palco Giratório 2022 do Sesc aposta nas possibilidades abertas por interfaces digitais. Ao longo do ano, serão realizadas 162 apresentações artísticas e 200 ações formativas, mobilizando um conjunto aproximado de 103 coletivos artísticos de todo o país.  

Uma das atrações do Palco é o “Museu dos Meninos”, experimento dirigido por Mauricio Lima (RJ), com sessões nos dias 19, 24, 25 e 26 de maio, às 20h, através do youtube.com/SescBrasil. O trabalho se divide entre a peça-performance “Arqueologias do Futuro” e o experimento sonoro “Sem título para uma radiocoreografia”.

A peça-performance constrói uma arqueologia afetiva sobre cinco “artefatos” recolhidos na pesquisa para a criação do Museu dos Meninos. Mauricio Lima evoca a figura do ator MC que, através de alguns desenhos e grafismos, realiza um depoimento a partir de memórias vividas e inventadas da sua infância e adolescência no Complexo do Alemão, território de origem do artista. 

Já o experimento sonoro, produzido em colaboração com o diretor e dramaturgo Fabiano Freitas e o artista multimídia Edgar, propõe uma experiência coreográfica através das palavras, do som e da música, investigando outros regimes de visibilidade para corpos e territórios historicamente invisibilizados.

Sobre o Palco Giratório

Entender o suporte digital como espaço de convívio, investir em inovadoras propostas virtuais de artistas brasileiros com transmissões diferenciadas e exibições em diversas plataformas on-line: essa é a tônica do Palco Giratório 2022. O público será apresentado a 12 obras cênicas digitais e uma proposta de mediação cultural produzidas no período da pandemia de Covid-19. O Palco Giratório vai revisitar e permitir a experimentação de tais obras como oportunidade para refletir sobre os impactos dessas criações, que usaram meios digitais na produção cênica.

As transmissões serão diferenciadas, mas todas ocorrerão em ambiente virtual. O projeto será realizado em quatro etapas, entre maio e novembro. Em cada uma, três trabalhos serão apresentados. Além das exibições de espetáculos, haverá ‘ativações cênicas’, conversas digitais com os artistas antes da estreia dos trabalhos na programação, ‘intercâmbios’ on-line entre os artistas nacionais e locais e oficinas de crítica que percorrerão todas as etapas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Dicas de O Sul

Luísa Sonza diz que “só dá chances para feios” e recebe resposta de Ludmilla
Nasce filho de Rihanna e A$AP Rocky, diz site
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde