Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

Home Economia Na ata do Copom, Banco Central defende atuação “firme” e “vigilante” para conter a inflação no Brasil

Compartilhe esta notícia:

O Copom (Comitê de Política Monetária) do BC (Banco Central) informou nesta terça-feira (25) que o controle da inflação no Brasil requer uma “atuação firme” da autoridade monetária e acrescentou que se manterá “vigilante” para conter a alta de preços.

Além disso, avaliou que “eventuais ajustes futuros” na taxa de juros, com possíveis aumentos na Selic, “serão ditados pelo firme compromisso de convergência da inflação à meta”. As informações constam na ata da última reunião do Copom, ocorrida na semana passada.

Naquele momento, por unanimidade, o comitê votou por interromper o ciclo de corte dos juros básicos da economia. A taxa Selic foi mantida em 10,5% ao ano.

“Em sua conclusão, o Comitê avalia que o cenário prospectivo [de expectativas para o futuro] de inflação se tornou mais desafiador, com o aumento das projeções de inflação de médio prazo, mesmo condicionadas em uma taxa de juros mais elevada”, informou o BC na ata do Copom.

“Ao fim, concluiu-se unanimemente pela necessidade de uma política monetária mais contracionista e mais cautelosa, de modo a reforçar a dinâmica desinflacionária”, compeltou o BC.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Empresa é investigada por aplicar golpes em idosos que buscam a revisão da aposentadoria no Rio Grande do Sul
Operação Divisa prende dez criminosos na Região Metropolitana de Porto Alegre
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa