Quarta-feira, 29 de Maio de 2024

Home Brasil No bicentenário da Independência, Museu do Ipiranga reabre em São Paulo

Compartilhe esta notícia:

Após nove anos fechado para visitação, o Museu do Ipiranga foi reinaugurado para convidados na noite desta terça-feira (6), em cerimônia oficial. A reabertura faz parte das comemorações do Bicentenário de Independência do Brasil.

A obra teve o custo total de R$ 235 milhões, custeados pela Lei de Incentivo à Cultura, por investimentos privados sem incentivo fiscal e também aportes públicos feitos pelos governos do estado e federal.

Abertura

Na quarta-feira, feriado de 7 de setembro – Dia da Independência – o museu fará uma abertura simbólica para funcionários e trabalhadores da obra e seus familiares, além de um grupo de 200 estudantes de escolas públicas selecionados pelas secretarias estadual e municipal de educação.

O monumento será aberto para o público geral a partir das 10h da quinta-feira (8). A visita pode ser feita mediante agendamento pelo site do Sympla. Com a reabertura, o Museu Paulista da USP, também conhecido como Museu do Ipiranga, estima receber cerca de 900 mil a 1 milhão de visitantes por ano.

Novidades na reabertura

Ao entrar no museu, é possível observar a interatividade em todas as salas. Foram colocadas telas com explicações históricas e também objetos que o público poderá tocar.

Em todos os objetos há braille e há intérpretes de libras nos vídeos exibidos nas telas. Segundo Solange Ferreira, professora e curadora da USP, as primeiras obras táteis foram implantadas no museu em 2007. Mas agora, a imersão é o grande diferencial.

O Museu

O Museu do Ipiranga, oficialmente chamado Museu Paulista da Universidade de São Paulo (USP), foi construído entre 1885 e 1890, com a ideia original de ser um monumento à Independência. Em 1895, no entanto, tornou-se a sede do Museu do Estado, sendo o museu público mais antigo de São Paulo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Ministério Público Federal arquiva investigação contra Deltan Dallagnol
Supremo nega 60 dias de férias para advogados da União
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias