Domingo, 03 de Julho de 2022

Home Cláudio Humberto PA, AM e MT concentram 67% do desmatamento

Compartilhe esta notícia:

Dois terços do desmatamento da Amazônia estão concentrados em três Estados: Pará, Amazonas e Mato Grosso, segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), através do sistema PRODES. Só o Pará é responsável por mais de 5 mil quilômetros quadrados de mata destruída em 2021, mais que o dobro dos dois mil km2 de Amazonas e Mato Grosso. O sistema estima no total 12 mil km2 destruídos em 2021.

Um artista
O governador Helder Barbalho (PA) foi à COP26 falar como “manter a floresta em pé”. Desde que ele assumiu, o desmatamento subiu 92,6%.

Tempo real
O sistema Deter de monitoramento em tempo real registrou em 2021 a segunda redução anual: 3% em relação a 2020 e 11,1% (2019).

O bom se esconde
A redução nos alertas de desmatamento ao menor nível da história, em novembro, foi reconhecida pelo Greenpeace, mas sem alarde na mídia.

Números urgem
Apesar de ser alvo predileto de ambientalistas, o desmatamento médio nos anos Bolsonaro é 11,4 mil km2, enquanto o de Lula foi 15,7 mil km2.

Planalto emprega 6 vezes mais que a Casa Branca
A Casa Branca, residência e local de trabalho do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, emprega 560 pessoas na estrutura de cargos da casa mais famosa do planeta. No Brasil, existem 3.246 servidores vinculados ao Palácio do Planalto, na Presidência. Se entrassem na conta a Vice-Presidência, Agência Brasileira de Inteligência e Advocacia-Geral da União, subordinados ao Planalto, o total de servidores da Presidência no Brasil dispara para 17.627.

Já foi pior
Em 2002, a Presidência empregava 3,2 mil servidores. Em 2013, após 10 anos de governo do PT, inchou para 4.567. Agora voltou a 3,2 mil.

Governo mínimo
O presidente dos EUA mora e trabalha no mesmo local. No Brasil, são dois palácios, Planalto e Alvorada, e uma granja para feriados.

Estruturas diferentes
Toda a estrutura federal do governo norte-americano emprega 1,87 milhão de funcionários, em todo o País. No Brasil, é 1,1 milhão.

Perspectiva
Nos últimos dez dias, mais pessoas se recuperaram da Covid-19, em todo o mundo (5,8 milhões), do que morreram em decorrência do vírus durante os dois anos de pandemia (5,5 milhões).

Balanço mundial 2021
O mundo aplicou mais de 9,15 bilhões de doses de vacinas durante o ano de 2021. Segundo balanços dos governos nacionais, 58,2% de todos os humanos receberam ao menos uma dose de imunizante.

Brasileiro otimista
Presidente e CEO da Qualcomm, uma das maiores fabricantes de chips do mundo, o brasileiro Cristiano Amon aposta que a cadeia produtiva mundial vai melhorar substancialmente no início de 2022.

Menos amarras
O governo lançou o programa Voo Simples, com 69 medidas para dar mais eficiência, diminuir o peso do Estado sobre o setor aéreo no País e atacar os “vazios regulatórios” que travam o desenvolvimento.

China na Lua
Completa três anos nesta segunda-feira (3) o pouso da espaçonave Chang’e 4, da Administração Espacial Nacional da China (CNSA), a primeira tecnologia humana a chegar ao lado oculto da Lua.

Impostos de volta
O Ministério da Infraestrutura fechou o mês de dezembro com a entrega de 14 obras. De acordo com a pasta, foram 108 inaugurações em 2021, sem contar leilões, concessões e outras obras já contratadas.

Exemplo petista
A memória da internet é infalível e o deputado José Medeiros (Pode-MT) mostrou o que alguns tentam esquecer: o então presidente Lula foi passear de barco em Fernando de Noronha, enquanto Santa Catarina sofria com a pior enchente em 34 anos, com mais de 100 mortos.

Boa medida
No último dia do ano passado, o governo Bolsonaro anunciou que estudantes que contrataram o Fies até o 2º semestre de 2017 poderão renegociar eventuais dívidas com descontos e até 150 parcelas.

Pensando bem…
…os brasileiros já entenderam que número de casos não é o mesmo que número de mortes.

PODER SEM PUDOR

A mulher de Cezar
O deputado Cezar Schirmer (RS) fazia campanha pelo MDB, no interior do Rio Grande do Sul, e sempre citava uma máxima surrada, mas eficaz: “A mulher de César não basta ser honesta. Tem que parecer honesta. Assim deve ser o governo!” Um eleitor foi saudá-lo na descida do palanque, cofiando os bigodes: “Gosto do jeito que o senhor leva sua mulher, deputado. Parabéns.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Cláudio Humberto

Após cair por 3 anos, gasto com o “cotão” dispara
Cobrança por bagagem virou “passagem da mala”
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News