Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

Home Mundo Papa pede corredores humanitários em Mariupol e denuncia destruição da cidade ucraniana

Compartilhe esta notícia:

O papa Francisco reiterou neste domingo (01) o pedido de abertura de corredores humanitários para a retirada de civis da cidade ucraniana de Mariupol, depois de denunciar que a localidade foi “bombardeada e destruída de forma bárbara”.

“Meus pensamentos estão com a cidade ucraniana de Mariupol, cidade de Maria, bombardeada e destruída de forma bárbara. Eu reitero meu pedido de abertura de corredores humanitários seguros”, declarou o pontífice durante a oração do Angelus na Praça de São Pedro do Vaticano.

A cidade de Mariupol, no sudeste da Ucrânia, foi quase totalmente destruída após semanas de cerco. Na madrugada de domingo, um primeiro grupo de civis conseguiu deixar a siderúrgica de Azovstal, último reduto dos combatentes ucranianos, onde também estão refugiados moradores da localidade.

O batalhão ucraniano Azov informou que 20 civis deixaram o local, mas o ministério russo da Defesa citou 46 pessoas que deixaram a siderúrgica. O papa denunciou ainda que a guerra na Ucrânia é uma “regressão macabra para a humanidade”. “Não abdiquemos nunca diante da lógica da violência, da espiral perversa das armas”, disse.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Voto em branco e voto nulo: entenda a diferença e o que eles significam
Lula volta a criticar o teto de gastos e cita moeda única para América Latina
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News