Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

Home Economia Possível alta no preço da gasolina e do diesel preocupa o governo Lula

Compartilhe esta notícia:

O governo está preocupado com o impacto no preço dos combustíveis da medida provisória (MP) que muda a compensação de PIS e Cofins. As informações são do blog do jornalista Valdo Cruz, no portal G1.

A MP foi baixada para bancar a renúncia fiscal da desoneração da folha de pagamento, seguindo determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), só que terá impacto nas distribuidoras de combustíveis.

Segundo cálculos do Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP), as distribuidoras de combustíveis não terão como compensar, no pagamento de impostos, todos seus créditos de PIS e Cofins e terá de repassar para os preços.

A gasolina pode subir entre 4% e 7%. O diesel, entre 1% e 4%.

As distribuidoras informaram que devem fazer o repasse aos preços nesta terça-feira (11), o que pode impactar a inflação exatamente na semana anterior à reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que na próxima semana se reúne para decidir a nova taxa Selic.

O mercado já avaliava, antes dessa medida, que o Copom pode fazer apenas mais um corte de juros, de 0,25 ponto percentual, e interromper o ciclo de queda de juros.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode debater esse tema hoje com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em reunião da articulação política.

As distribuidoras dizem que vão deixar de compensar R$ 10 bilhões de créditos de PIS e Cofins. Além delas, o setor de agronegócio também está contra a MP porque ela também vai impactar as exportações do setor.

Haddad tem dito que os setores ainda não compreenderam a medida provisória e que está aberto a conversas para explicar a proposta.

O governo diz que até pode mudar a MP, o que não pode acontecer é não ter a compensação pela desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia e de pequenos municípios.

Há uma determinação para que o Congresso aprove em 60 dias essa compensação.

Rede

A distribuidora Ipiranga anunciou nessa segunda (10) o reajuste no preço da gasolina, diesel e etanol em seus postos de combustíveis credenciados. O aumento vai ocorrer a partir desta terça, mas a empresa não informou qual o valor do reajuste.

Em comunicado enviado aos postos, a Ipiranga afirma que “em adição à dinâmica habituais de repasses, os nossos preços de gasolina, etanol e diesel serão reajustados em função do efeito imediato da MP 1227/24, que restringiu a compensação de créditos tributários de PIS/Cofins”.

A empresa disse que “pratica uma política de preços alinhada aos parâmetros vigentes, atendendo às normas setoriais”. A distribuidora também diz que cabe aos revendedores decidir sobre o preço dos combustíveis na bomba.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Governo quer discutir distribuição extraordinária de lucros do FGTS após julgamento no Supremo
Dólar chegou a R$ 5,38, refletindo ruídos na economia e fechou a segunda valendo R$ 5,35
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde