Segunda-feira, 04 de Julho de 2022

Home Mundo Primeiro soldado russo acusado de crimes de guerra é condenado à prisão perpétua na Ucrânia

Compartilhe esta notícia:

O soldado russo Vadim Shishimarin, de 21 anos, primeiro militar acusado de crimes de guerra na Ucrânia, foi condenado à prisão perpétua nesta segunda-feira (23) pela Justiça ucraniana.

Shishimarin admitiu ter matado a tiros o civil Oleksandr Shelipov, de 62 anos. A vítima estava desarmada em uma estrada, andando de bicicleta e falando ao telefone. O crime ocorreu em fevereiro na região de Sumy, Norte da Ucrânia.

O julgamento começou no dia 13, com uma audiência preliminar, e foi retomado no dia 18. Na manhã seguinte, a promotoria já havia defendido que o militar deveria receber pena máxima. Durante audiência na quinta-feira (19), o russo pediu perdão à viúva da vítima, Kateryna Shelipova.

“Reconheço minha culpa. Peço que me perdoe, mas eu entendo que você não será capaz de me perdoar”, disse Shishimarin à mulher de 62 anos.

Durante depoimento no mesmo dia, Shelipova contou que ouviu os tiros do seu quintal, chamou pelo marido e viu Shishimarin com uma arma. O soldado ficou de cabeça baixa enquanto ela falava.

“Diga-me, por favor, por que vocês [russos] vieram aqui? Para nos proteger? Proteger-nos de quem? Você me protegeu do meu marido, a quem você matou?”, questionou a mulher ao soldado. “Eu corri para o meu marido, ele já estava morto. Tiro na cabeça. Eu gritei, gritei muito”, acrescentou.

A Rússia nega que suas tropas tenham atacado civis durante a invasão, enquanto a Ucrânia diz que mais de 11 mil crimes de guerra podem ter ocorrido desde o início do conflito.

O russo declarou no tribunal que atirou na vítima quando ele e outros soldados russos estavam em retirada. Shishimarin afirmou que outro militar russo que viajava no mesmo carro em que ele estava pediu para que atirasse.

“Começou a falar em tom contundente que eu deveria atirar. Ele disse que, se não fizesse, poderia ser perigoso. Atirei a curta distância e o matei”, afirmou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Presidente dos Estados Unidos diz que usaria força militar para defender Taiwan de invasão chinesa
Saiba como fazer a declaração retificadora do Imposto de Renda
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde