Domingo, 22 de Maio de 2022

Home em foco Protestos de caminhoneiros no Canadá contra passaporte de vacina levam a estado de emergência

Compartilhe esta notícia:

Os protestos contra as restrições da covid-19 liderados por caminhoneiros no Canadá já duram duas semanas e passam a causar mudanças importantes, como a declaração na sexta-feira (11) de estado de emergência na província de Ontário, onde fica a capital do país, Ottawa.

Um juiz da Corte Superior de Justiça de Ontário determinou o desbloqueio de ponte Ambassador, uma importante via para o comércio EUA-Canadá. A liminar foi concedida em uma ação impetrada pela cidade de Windsor e pela associação de fabricantes de peças automotivas local. As partes argumentaram que estavam perdendo até US$ 39 milhões (R$ 205 milhões) por dia por causa dos bloqueios.

As manifestações começaram no final do mês passado no centro da capital, onde permanecem cerca de 400 caminhões.

Apesar de cerca de 90% dos 120 mil caminhoneiros que cruzam as fronteiras do Canadá já estarem vacinados, a manifestação dos motoristas, chamada de “Comboio da Liberdade”, cresceu e foi além do apelo para acabar com a exigência do passaporte vacinal especificamente nas fronteiras. Muitos clamam pelo fim da necessidade de mostrar esse documento em todo o país.

O passaporte da vacina foi introduzido pelo governo em 15 de janeiro. A regra exige que os caminhoneiros canadenses não vacinados fiquem em quarentena assim que cruzarem a fronteira de volta para casa.

Duas das maiores montadoras do mundo, Ford e Toyota, dizem que a produção está sendo interrompida pelos protestos. De acordo com seus representantes, as fábricas foram forçadas a fechar porque peças de carros estão sendo retidas em dois pontos de fronteira dos EUA.

Do outro lado da fronteira, a General Motors disse que foi forçada a cancelar dois turnos de produção em uma fábrica em Michigan (EUA), onde fabrica veículos utilitários esportivos.

As paralisações são mais um golpe para a indústria automobilística, que já enfrentava uma escassez global de chips semicondutores devido aos efeitos econômicos da pandemia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Parlamentares bolsonaristas foram os mais influentes nas redes sociais em 2021, diz pesquisa
Polícia do Canadá começa a retirada de caminhoneiros que bloqueiam fronteira com os Estados Unidos em protesto antivacina
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News