Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

Home Flávio Pereira Reajuste dos servidores deve ficar em 6%

Compartilhe esta notícia:

Mesmo diante da pressão de diversas entidades de servidores, que alegam o anunciado superávit de caixa do governo para cobrar um percentual maior, o executivo deverá decidir hoje a remessa à Assembleia de uma proposta aumentando em 6% os salários dos servidores de todos os poderes. O reajuste será em duas etapas: 1% retroativo a janeiro, e 5% a partir de abril. Tudo isso será definido hoje na reunião do chamado Conselho de Governo.

Ostermann lembra atrocidades do comunismo

As atrocidades de regimes comunistas foram lembradas ontem no grande expediente da Assembleia em homenagem aos 100 anos do Partido Comunista do Brasil pelo deputado Fábio Ostermann (NOVO) ao comentar a data. A homenagem foi requerida pelo deputado Pepe Vargas (PT), já que o partido comunista não elegeu nenhum deputado na atual legislatura. Conforme Ostermann, “o centenário do Partido Comunista do Brasil não merece ser comemorado, pois é uma ideologia que sempre atingiu os mesmos resultados: morte e miséria de milhões de pessoas.” Ostermann comentou ainda:

“Não podemos esquecer as atrocidades perpetradas nos regimes comunistas. Estima-se que ao menos 94 milhões de pessoas foram mortas pelos comunistas da União Soviética, China, Vietnã, Coréia do Norte e Camboja.”

Esquerda desmoraliza TSE. Mas a esquerda pode.

Ao mesmo tempo em que manda colocar imediatamente tornozeleira no deputado Daniel Silveira – no exercício do mandato – o ministro Alexandre de Moraes ignora a ironia feita pela cantora Anitta, desmoralizando decisão do STF que aplicou multa aos organizadores do festival. Anitta se ofereceu para pagar a multa de R$ 50 mil, e ironizou dizendo que isso lhe custaria “menos uma bolsa”. Comentário da deputada federal Bia Kicis:

“Podem imaginar um apoiador do presidente Jair Bolsonaro fazendo isso? Descumprindo ostensivamente uma decisão do TSE? Pois é.”

Não é fácil perder uma mamata de R$ 178 milhões

Mas fica fácil compreender a revolta dos artistas lacradores: eles só estão seguindo ordens da T4F – Time For Fun, empresa que organiza o festival Lollapalooza e mamou na Lei Rouanet mais de R$ 178 milhões, até Jair Bolsonaro entrar e fechar a torneira da mamata.

Alô Interpol: Ditadores e narcotráfico no Brasil

O deputado federal Eduardo Bolsonaro alerta que o Grupo de Puebla, novo nome do Foro de São Paulo, “traz ao Brasil, figuras relacionadas com tráfico de drogas, terrorismo e socialismo do século 21 que traz fome, miséria e ditaduras para a América Latina.”

O evento reunindo defensores de ditaduras e do narcotráfico, tem o curioso título de “Encontro Internacional Democracia e Igualdade para um novo modelo de desenvolvimento”, realizado na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, com a presença do ex-presidiário Lula da Silva.

Personagens como Yolanda Díaz, rica comunista e ministra do Trabalho da Espanha, e o aliado do narcochavismo e embaixador de Nicolás Maduro, José Luis Rodríguez Zapatero, participarão do evento. Haverá também os ex-presidentes Ernesto Samper, financiados por narcotraficantes; o demitido Fernando Lugo; os condenados por corrupção Dilma Rousseff e Pablo Gentili, ex-chefe de gabinete de Pablo Iglesias (Podemos), com vínculos com as ditaduras de Cuba, Venezuela e Irã.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

PSDB de Eduardo Leite poderá apoiar MDB de Gabriel Souza?
Senador Lasier Martins cobra abertura do processo de impeachment do ministro Alexandre de Moraes
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias