Quinta-feira, 30 de Maio de 2024

Home Economia Roberto Campos Neto afirma que continua no comando do Banco Central até 2024

Compartilhe esta notícia:

Questionado na terça-feira (13), se a mudança de governo pode alterar projetos digitais tocados pelo BC (Banco Central), o presidente da autoridade monetária, Roberto Campos Neto, repetiu que a instituição tem autonomia e confirmou que deve continuar à frente do BC até o fim do seu mandato em 2024.

Segundo ele, a agenda de inovação não deve mudar com a posse do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas citou brevemente, sem dar detalhes, que acha que “outras partes” podem ter “mais adaptações”.

“O Banco Central tem autonomia. Eu fico no cargo mais dois anos. Grande parte dos projetos do BC não é de um presidente ou de uma equipe, é da instituição. Eu peguei um legado muito bom do meu antecessor, que construiu vários caminhos, várias pontes”, afirmou, em um evento.

Ele afirmou que a agenda de inovação do BC foi adotada pelos funcionários da autarquia e vai continuar independentemente de quem estiver no governo, considerando também que a digitalização é exponencial e que “não podemos perder esse caminho”.

“Acho que, na outra parte, pode haver mais adaptações. Nessa parte, na visualização do que é o futuro financeiro, vejo que é um pouco independente. Minha resposta é de que não vai mudar [com o novo governo]. Precisamos de melhorias”, disse, sem detalhar quais seriam as adaptações e em que partes relacionadas ao BC.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Ministério da Saúde atualiza critérios para vacinação de bebês e crianças contra a Covid-19
Governo Lula avalia dividir Ministério da Infraestrutura em duas pastas
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde