Quinta-feira, 30 de Maio de 2024

Home Copa do Mundo 22 Saiba como Messi pode ser decisivo na final da Copa do Mundo do Catar

Compartilhe esta notícia:

Após bater Marrocos na semifinal por 2 a 0, a França terá a Argentina pela frente na final da Copa do Mundo do Catar, no próximo domingo (18).

A adversária sul-americana terá Lionel Messi como seu grande comandante, que já provou no torneio que pode transformar cenários e desequilibrar jogos em favor da seleção argentina.

Líder em participações diretas a gols no Mundial, com oito até aqui, Messi divide a artilharia do torneio com Mbappé, com cinco gols cada. O craque também encabeça o ranking de assistências, com três.

Os números totais ainda chamam mais atenção: Messi participou diretamente de 66,66% dos gols da Argentina. A cada partida, a importância do atleta de 35 anos no esquema do técnico Lionel Scaloni é mais escancarada.

O primeiro gol foi justamente na estreia contra a Arábia Saudita. De pênalti, Messi abriu o placar para os argentinos, que sofreram a virada e conheceram a única derrota no Mundial até aqui.

Na partida seguinte, Messi fez, talvez, seu gol mais importante no Catar. Contra o México, acertou um belo chute fora da área, venceu Ochoa e abriu o caminho para a vitória por 2 a 0. O gol aliviou a pressão da Argentina, que entrou lutando contra o fantasma de uma possível eliminação precoce.

Dos cinco gols até aqui, três foram originados em cobranças de pênalti, em quatro batidas que o craque teve – sem contar a disputa de pênaltis contra a Holanda. No repertório, ainda tem um gol de fora da área e um de dentro da área após uma bela tabela. Os gols no Catar conferiram a Messi a marca de ser o maior artilheiro argentino em Copas, com 11 gols, um a mais que Gabriel Batistuta.

Além dos gols e assistências, Messi deu 15 oportunidades de finalizações a seus companheiros, liderando o quesito. Também foi quem mais finalizou em gol, 27 oportunidades, com 15 completas, e o que mais driblou, com 15 dribles bem-sucedidos.

Em aproveitamento de tempo nos gramados, Messi esteve em campo em todos os jogos da Argentina e, dos seis compromissos, foi eleito o melhor em campo em quatro: contra México, Austrália, Holanda e Croácia. Seja em qualquer estatística ofensiva, Messi é disparado o grande destaque da Argentina no Catar.

Na partida contra a Croácia, pela semifinal, a estrela de Messi brilhou como nunca no Catar. Dos pés dele, de pênalti, saiu o primeiro gol na partida. Depois, viu Julián Álvarez disparar em uma jogada sensacional no segundo tempo. E logo depois ele mesmo protagonizou uma sequência de dribles e deu um passe certeiro para Álvarez ir às redes no terceiro gol, selando a classificação.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Copa do Mundo 22

A deficiência hormonal que afetou crescimento do argentino Lionel Messi
Assembleia Legislativa gaúcha aprova antecipação da data permitida para colheita de pinhão
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News