Domingo, 22 de Maio de 2022

Home Economia Saque de valores a receber esquecidos em bancos terá repescagem

Compartilhe esta notícia:

As pessoas e empresas que têm valores a receber esquecidos em instituições financeiras e perderem o prazo para agendar o saque no período determinado pelo serviço do Banco Central terão repescagem. O SVR (Sistema Valores a Receber) poderá ser acessado nos próximos sábados, das 4h às 24h.

Como o calendário é escalonado, de acordo com a data de nascimento ou abertura da empresa, para os nascidos antes de 1968 e empresas abertas antes dessa data, a repescagem será no sábado (12). As outras repescagens serão nos dias 19 e 26 de março.

Quem perder os sábados de repescagem ainda poderá pedir o resgate a partir de 28 de março, independentemente da data de nascimento ou de criação da empresa. De acordo com o BC, o direito a receber os recursos é definitivo, e os valores continuarão guardados pelas instituições financeiras até o correntista pedir o saque.

O serviço por meio do SVR abriu as consultas em 14 de fevereiro, para que se pudesse verificar se havia valores em contas bancárias. Agora será possível fazer a consulta para saber qual é o valor e agendar o resgate.

Calendário do resgate e da repescagem

• 7 a 11 de março
Nascidos antes de 1968 ou empresas abertas antes desse ano
Repescagem: sábado, 12 de março, das 4h às 24h

• 14 a 18 de março
Nascidos entre 1968 e 1983 ou empresas fundadas nesse período
Repescagem: 19 de março, das 4h às 24h

• 21 a 25 de março
Nascidos a partir de 1984 ou empresas abertas a partir dessa data
Repescagem: 26 de março, das 4h às 24h

• A partir de 28 de março
Quem perder a repescagem poderá pedir o resgate a partir dessa data

Após o pedido de saque, a instituição financeira terá até 12 dias úteis para fazer a transferência. A expectativa é que pagamentos realizados por meio do Pix ocorram mais rapidamente.

A primeira etapa prevê 28 milhões de pessoas e empresas com dinheiro a receber, num total de R$ 3,9 bilhões. A segunda etapa deve começar em 2 de maio, com mais R$ 4,1 bilhões para serem resgatados.

Passo a passo para o saque

Passo 1
Faça a consulta no valoresareceber.bcb.gov.br/publico para saber se você ou sua empresa têm valores a receber do sistema financeiro.
Dados necessários:
• pessoa física: CPF e data de nascimento; e
• pessoa jurídica: CNPJ e data de abertura.

• Se tiver valores a receber, siga para o passo 2.
• Se não tiver valores a receber, volte na data informada pelo sistema, quando as instituições terão enviado novos dados ao Banco Central.

Passo 2
Verifique a data informada pelo sistema para você consultar o valor e solicitar a devolução. Fique atento também ao horário do seu agendamento (das 4h às 14h ou das 14h às 24h).
• Se sua data e horário são agora, siga para o passo 3.
• Se não, volte aqui na data e no horário informados pelo sistema.

Passo 3
Clique no botão: “Acessar meus Valores a Receber”.

Passo 4
Faça login em sua conta gov.br (nível prata ou ouro).
Se ainda não a tem, faça uma em acesso.gov.br e volte aqui dentro de sua data e horário.

Passo 5
Leia e aceite o Termo de Ciência.

Passo 6
Veja na tela do sistema:

• o valor a receber;
• a instituição que deve devolver o valor;
• a origem (tipo) do valor a receber; e
• informações adicionais, quando for o caso.

Passo 7
Clique na opção que o sistema mostrar e siga as orientações indicadas:

“Solicitar por aqui”

• A instituição devolverá o valor via Pix em até 12 dias úteis.
• Selecione uma das suas chaves Pix e informe seus dados pessoais.
• Guarde o número de protocolo, para entrar em contato com a instituição, se necessário.

“Solicitar via instituição”

• A instituição não faz devolução por Pix em até 12 dias úteis.
• Entre em contato pelo telefone ou email informado pela instituição para combinar a forma de devolução.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Câmara aprova urgência para votação de projeto sobre mineração em terras indígenas
Nos EUA, governo gaúcho fecha parceria com Amazon para políticas públicas digitais
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa