Domingo, 03 de Julho de 2022

Home Saúde Surto de gripe: conheça os 12 principais sintomas de H3N2

Compartilhe esta notícia:

O vírus H3N2 é um dos subtipos do vírus Influenza A, também conhecido como vírus do tipo A, que é um dos principais responsáveis pela gripe comum, conhecida como gripe A, uma vez que é muito fácil de ser transmitido entre pessoas por meio das gotículas liberadas no ar quando a pessoa gripada tosse ou espirra.

O vírus H3N2, assim como o subtipo H1N1 da Influenza, provoca os típicos sintomas de gripe, como dor de cabeça, febre, dor de cabeça e congestão nasal, sendo importante que a pessoa repouse e beba bastante líquidos para favorecer a eliminação do vírus do organismo. Além disso, pode ser recomendado o uso de remédios que ajudam a combater os sintomas, como o Paracetamol e Ibuprofeno.

Sintomas

Os sintomas de infecção pelo H3N2 costumam surgir entre 3 e 5 dias após o contato com o vírus, que corresponde ao período de incubação do vírus, podendo a pessoa transmitir o vírus ainda durante esse período ou após o início dos sintomas.

Os sintomas de H3N2 normalmente são mais intensos nas primeiras 48 horas, sendo os principais:

— Febre alta nos primeiros dias, acima de 38ºC;

— Dor de garganta;

— Tosse;

— Dor de cabeça;

— Dor no corpo, principalmente nas articulações;

— Espirros, coriza e nariz entupido, em alguns casos;

— Calafrios;

— Perda de apetite;

— Náuseas e vômitos;

— Mal-estar geral;

— Irritação nos olhos;

— Diarreia, principalmente em crianças.

Na suspeita de H3N2, é importante ficar em isolamento, repousar e beber bastantes líquidos durante o dia para evitar a transmissão do vírus para outras pessoas e favorecer a recuperação. Além disso, para aliviar os sintomas, pode ser também indicado o uso de medicamentos anti-inflamatórios ou analgésicos.

O vírus H3N2 é mais frequente de ser identificado em crianças e em idosos, além de também poder infectar mais facilmente mulheres grávidas ou que tiveram o bebê em pouco tempo, pessoas que possuem o sistema imunológico comprometido ou que são portadores de doenças crônicas.

Tratamento

O tratamento para a gripe causada pelo vírus H3N2 tem como objetivo promover o alívio dos sintomas, podendo ser recomendado:

— Repouso;

— Consumo de líquidos durante o dia;

— Alimentação leve e de fácil digestão;

— Uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, como o Paracetamol e o Ibuprofeno, respectivamente;

— Uso de medicamentos antivirais, em alguns casos, para diminuir a taxa de multiplicação do vírus, como o Tamiflu (Oseltamivir) ou o Relenza (Zanamivir), que devem ser usados de acordo com a recomendação médica.

Além disso, é importante que durante o tratamento para a infecção pelo H3N2, a pessoa permaneça em isolamento por cerca de 7 a 10 dias para evitar a transmissão para outras pessoas.

Prevenção

Para prevenir a infecção pelo vírus H3N2, é recomendado que a pessoa com sintomas gripais, permaneça em isolamento por 7 a 10 dias, pois assim é possível prevenir a transmissão do vírus para outras pessoas. Além disso, é indicado que seja utilizada máscara facial e que as mãos sejam devidamente desinfetadas e higienizadas.

É importante também evitar permanecer muito tempo em ambiente fechado com muitas pessoas, evitar levar as mãos aos olhos e à boca antes de as lavá-las e evitar ficar muito tempo próximo de uma pessoa gripada.

É possível também evitar a transmissão desse vírus por meio da vacina que é disponibilizada anualmente durante campanhas do governo. A recomendação é a de que a vacina seja tomada todos os anos.

A vacina atualizada contra os vírus influenza que será distribuída no Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de março deste anos já está em produção pelo Instituto Butantan. Ela é trivalente, composta pelos vírus H1N1, H3N2, do subtipo Darwin, e a cepa B. O Brasil vive um surto de influenza H3N2, e o imunizante será importante para conter o espalhamento do vírus.

O Butantan faz a vacina trivalente contra influenza em um fábrica própria que produz separadamente os Ingredientes Farmacêuticos Ativos (IFA) das três cepas do imunizante para depois misturá-los em um outra fábrica de formulação e envase.

O Butantan produz 80 milhões de doses da vacina da influenza ofertadas anualmente na campanha nacional de vacinação contra a gripe. Justamente por ser sazonal, o imunizante é modificado a cada ano, baseado nos três subtipos do vírus influenza que mais circularam no último ano no hemisfério Sul monitorados e indicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Esfaqueada pelo marido, agora ela luta pelas mulheres
Irmão de Marília Mendonça acusa Naiara Azevedo de se autopromover usando o nome da sua irmã, morta em novembro
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News