Domingo, 07 de Agosto de 2022

Home Comportamento Três perfis para quem quer cuidar da saúde mental no Instagram

Compartilhe esta notícia:

Todo mundo sabe que a internet, apesar de muito útil, pode ser bastante tóxica de vez em quando. Entre pessoas que criam perfis falsos para ofender os outros às influenciadoras que mostram vidas perfeitas, o ambiente virtual pode prejudicar e muito a saúde mental. Afinal, enquanto você desliza a tela, começa a comparar sua vida com a daquelas pessoas. Mas saiba que nem tudo que se vê ali é real, viu?

E essa é grande parte do problema! Muita gente usa o Instagram, principalmente, para mostrar uma rotina impecável, recheada de momentos apenas felizes e uma vida financeira estável, sem problemas. Diante de tudo isso, é comum que as “pessoas normais” se questionem, se comparem e, consequentemente, se frustrem.

Assim, a rede social passa a ser um baita de um gatilho para a saúde mental, que pode adoecer. Porém, existe uma forma de driblar essa tendência, viu? Isso porque você é o dono do seu perfil e tem um poder único: escolher quem seguir e qual conteúdo consumir. Então, a dica é deixar de seguir todas as contas que não te fazem bem – sem ter que arrumar uma desculpa para isso, viu? – e dar um follow inteligente em contas positivas para você, sua vida e sua mente!

Confira a seguir 3 perfis que farão sua rede social ser mais positiva, real e, sobretudo, um espaço acolhedor para a sua saúde mental. Sem chuvas de críticas nem rotinas irreais, é hora de focar em conteúdos bons e cuidar da saúde mental, ok?

Obvious

De transtornos alimentares e padrões estéticos ao prazer feminino, a Obvious fala sobre todos os assuntos que contribuem para a felicidade feminina. De um jeito contraído, inteligente e bem-humorado, o perfil traz posts com designs bem legais e verdades que a gente precisa mesmo ouvir.

Chapadinhas de endorfina

Uma derivação da Obivous, a página foca na relação com o corpo. Desse modo, relembra algo bastante esquecido: os exercícios físicos como fonte de prazer e bem-estar, ou seja, além do emagrecimento e busca pelo corpo perfeito. Aliás, eles são ótimos aliados da saúde mental, sabia?

Renée Maia

Além da saúde mental, o perfil também discute a relação dela com o tempo. Em postagens dinâmicas, você aprende sobre gestão de tempo, os impactos da correria na mente e algumas dicas “de (re)educação temporal para uma vida menos insana”.

Eu preciso deixar de seguir todos os influenciadores?

É claro que não! Até porque tem pessoas bem legais criando coisas boas. O unfollow deve acontecer com conteúdos que te causem desconfortos. E nem sempre eles virão só de influenciadores, viu? Tem muita gente da nossa vida real que também pode provocar essa sensação. Portanto, o critério para deixar de seguir é bem simples: se não te faz bem, tchau!

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Comportamento

Padre Fábio de Melo revela sofrer de síndrome de Ménière: entenda a doença
Celulares, tablets e câmeras deverão ter entrada USB padronizada, determina União Europeia
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News