Segunda-feira, 23 de Maio de 2022

Home Flávio Pereira TSE poderá exigir passaporte vacinal dos eleitores?

Compartilhe esta notícia:

No vale-tudo da insegurança jurídica que domina o país, o boato que agita os corredores do Poder Moderador (antigo STF) e dos poderes a ele subordinados, o Legislativo e o Executivo, seria a novidade que estaria no forno de maldades do Tribunal Superior Eleitoral: a exigência de passaporte vacinal para os eleitores. Seria um golpe fatal nos eleitores de direita. No país onde, em nome da democracia existem presos políticos segregados pelo crime de opinião, tudo pode acontecer.

Ainda a pesquisa

A pesquisa realizada pelo Real Time Big Data, divulgada pela Rede Record, trouxe alguns dados interessantes na disputa para o Governo do Estado. Alguns deles:

– Os lideres que despontam, são Eduardo Leite, José Ivo Sartori e Onyx Lorenzoni. Mas dos três, apenas Onyx Lorenzoni se apresenta como pré-candidato ao governo.

– O desempenho do vice-governador Ranolfo Vieira é melhor ou igual aos de Alceu Moreira e Gabriel Souza, do MDB.

– Os números do senador Luis Carlos Heinze chegam, no máximo, a 5%.

– Toda a esquerda somada consegue, no máximo, 13%.

Grande partido

No PP, a defesa da candidatura do senador Luis Carlos Heinze garante que o tamanho do partido será decisivo para garantir sua eleição.

No entanto, o PP, mesmo sendo um grande partido, desde a eleição de Jair Soares em 1982, quando era PDS, nunca mais elegeu um governador no Rio Grande do Sul.

Afinal, a história do óxido de grafeno nas vacinas é real?

Os respeitados professores Pablo Campra, Ricardo Delgado e Luis Sevillano produziram pesquisas apontando óxido de grafeno, microtecnologia e parasitas nos soros experimentais impropriamente chamados de “vacinas”. Como os fabricantes das “vacinas” não querem correr o risco de serem desmascarados com a apresentação das provas recolhidas pelos pesquisadores, recrutaram seus agentes de contrainformação na grande mídia e “verificadores de fatos”, para manchar a autenticidade de suas pesquisas.

Campanha bilionária da esquerda

Com muito dinheiro em caixa, resultado do dinheiro desbloqueado da corrupção que segundo eles, “não aconteceu”, os petistas planejam contratar pelo menos tres grandes agências de publicidade para reconstruir a imagem do ex-presidiário Lula. Outro foco será uma campanha focando o eleitorado anti-PT que votou em Jair Bolsonaro em 2018.

União Brasil conquista pré-candidatos

Com 1 bilhão de reais do Fundo Eleitoral para investir nos seus candidatos nas eleições de 2022, a União Brasil continua conquistando adesões por “convicção”. Ontem, o ex-deputado e ex-prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, pré-candidato à Câmara dos Deputados, sinalizou que vai se filiar à União Brasil.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

A economia brasileira sobreviveu, apesar da gestão da pandemia por governadores e prefeitos
Há 40 anos, Jair Soares vencia a prévia e a eleição para o governo do Estado
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa