Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Home Mundo Biden assina ajuda de R$ 490 bilhões para Israel, Ucrânia e Taiwan

Compartilhe esta notícia:

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou nesta quarta-feira (24) uma medida de auxílio de guerra de US$ 95 bilhões (o equivalente a R$ 490,4 bi) que inclui ajuda para Ucrânia, Israel e Taiwan e que também possui uma disposição que forçaria o site de mídia social TikTok a ser vendido ou banido nos EUA.

O pacote havia sido aprovado na terça pelo Congresso americano antes de ser enviado para a sanção presidencial.

Com as leis aprovadas, os Estados Unidos devem os seguintes valores para seus aliados no exterior:

US$ 61 bilhões para a Ucrânia;
US$ 26 bilhões para Israel e ajuda humanitária para civis em zonas de conflito;
US$ 8,12 bilhões para Taiwan.

O pacote também inclui a transferência de bens russos apreendidos para a Ucrânia, novas sanções contra o Irã, além de uma lei que pode abrir caminho para que o TikTok seja banido no país. Entenda mais abaixo.

Após a aprovação, Biden afirmou que os Estados Unidos já estão preparando o envio de US$ 1 bilhão em ajuda militar para a Ucrânia.

“Agora precisamos agir rápido, e estamos fazendo isso”, disse Biden, em evento na Casa Branca para anunciar a assinatura.

A ajuda dos Estados Unidos para a Ucrânia chegará em um momento que o país enfrenta escassez de suprimentos militares. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, vinha pressionando o Ocidente por colaboração.

A imprensa norte-americana disse que o pacote de ajuda pode ser o último aprovado pelo Congresso antes da eleição presidencial, marcada para novembro.

TikTok
A lei aprovada pela Congresso dos Estados Unidos, e que deve ser sancionada por Biden, obriga a ByteDance — dona do TikTok — a se desfazer de seus ativos em solo norte-americano e encontrar um comprador de “confiança”.

Em tese, a ByteDance terá de vender as operações do TikTok dentro dos Estados Unidos para outra empresa que não tenha relação com a chinesa.

A empresa terá 270 dias para vender o TikTok. O prazo poderá ser prorrogado por meio de um acordo por mais 90 dias. Caso a lei não seja cumprida, as big techs Apple e Google terão de remover a rede social de suas lojas de aplicativo.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Partido da extrema direita de Portugal chama de “vergonha” proposta de reparação sobre escravidão
TV Pampa é a primeira empresa de comunicação regional a estar na Box Claro TV+
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News