Quarta-feira, 18 de Maio de 2022

Home Rio Grande do Sul BRDE destina R$ 120 milhões para mulheres empreendedoras

Compartilhe esta notícia:

Lançado há um ano pelo BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), o programa de crédito especifico para mulheres empreendedoras já destinou perto de R$ 120 milhões em financiamento para empresas de todos os portes e produtoras rurais na região sul do País.

No Rio Grande do Sul, o programa BRDE Empreendedoras do Sul soma R$ 41,3 milhões disponibilizados neste período para projetos que vão da inovação nos negócios a construções, reformas e ampliação, assim com compra de equipamentos e novas tecnologias. Para marcar novamente o Dia Internacional da Mulher, o banco anuncia alterações no programa, que agora não terá valor máximo por operação.

Na avaliação da diretora de Operações, Leany Lemos, o resultado alcançado no primeiro ano do programa comprova a demanda que existia em termos de maior apoio às mulheres que empreendem e auxiliam no fortalecimento da atividade econômica. “Além representar um caminho para maior inserção social, a iniciativa do banco em incentivar o empreendedorismo das mulheres trouxe impactos positivos nesse momento de retomada em meio à crise da pandemia. Também reafirma nossos compromissos com o desenvolvimento sustentável”, destacou.

Leany foi a proponente do Empreendedoras do Sul quando estava na presidência do banco (a primeira mulher em 60 anos da instituição), proposta aprovada por unanimidade pelos demais diretores. A diretora observa, também, que o programa tem alinhamento direto ao ODS 5, diante da falta de crédito para empresas e projetos liderados por mulheres estimado em US$ 5 bilhões pela ONU.

Para o diretor de Planejamento do BRDE, Otomar Vivian, tanto o lançamento do programa há um ano, como os ajustes que agora facilitarão o acesso ao crédito, demonstram o esforço interno do banco em estar alinhado com as políticas públicas de cada um dos Estados. “Vivemos ainda um momento de muitos desafios para a economia e, assim como o Empreendedoras do Sul, o BRDE atua em várias frentes para garantir renda e gerar empregos. Somos efetivamente parceiros dos empreendedores e das empreendedoras da região sul nos seus projetos e resultados”, observou Otomar.

O BRDE Empreendedoras do Sul é direcionado para empresas de diferentes portes, incluindo micro e pequenas empresas, que tenham ao menos 40% do seu capital social de sócias mulheres. A oferta de crédito para capital de giro é reservada apenas para pessoas jurídicas e com receita operacional bruta de até R$ 90 milhões no ano anterior ao pedido. As microempreendedoras individuais (MEI) e pessoas físicas poderão ter o apoio através de parcerias do banco com outras instituições que atuam com programas de microcrédito, como as cooperativas.

Para que o programa BRDE Empreendedoras do Sul chegue ao maior número de interessadas, em especial beneficiando pequenas e médias empresas, uma das alternativas é atuar através de instituições parceiras. É o caso do contrato no valor de R$ 700 mil que o banco celebrou com a ICC Serra, instituição que atua em vários municípios do interior do Rio Grande do Sul. Por meio do Banco do Povo, são liberados empréstimos pela modalidade de microcrédito para empreendedoras de diferentes segmentos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Porto Alegre: Jardim do Dmae recebe duas feiras neste mês
Justiça mantém liminar que obriga uso de máscaras para crianças menores de 12 anos no Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa