Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Home em foco CBF divulga aumento na premiação da Copa do Brasil este ano e campeão pode somar quase 80 milhões de reais

Compartilhe esta notícia:

A CBF divulgou nesta semana a tabela com as premiações da Copa do Brasil 2022. Os valores, fase a fase, sofreram um pequeno reajuste em relação ao ano passado. Ao todo, o campeão poderá embolsar R$ 79.570.000. Na edição anterior, esta soma chegava a R$ 73,6 milhões.

Assim como já ocorria em 2021, nas duas primeiras fases os clubes foram divididos em três grupos. A premiação atende a um valor diferente para cada um deles. A partir da terceira fase, com a entrada de novos times, os valores passam a ser iguais para todos os participantes.

O grupo I reúne os 15 primeiros do Ranking Nacional de Clubes da CBF. O segundo é formado pelos que não estão neste primeiro pelotão, mas disputarão a Série A em 2022. No terceiro, entram os demais.

Esta divisão faz com que, de todos os clubes mais tradicionais, apenas o Vasco não possa alcançar a soma máxima. No Grupo 3, os cruz-maltinos irão faturar R$ 78.170.000. Embora também estejam na Série B este ano, Grêmio, Bahia e Cruzeiro seguem bem pontuados no ranking nacional e permaneceram no Grupo 1.

Confira a pontuação por cada fase:

— 1ª fase: R$ 1.270.000 (Grupo 1) / R$ 1.090.000 (Grupo 2) / R$ 620 mil (Grupo 3)
— 2ª fase: R$ 1,5 milhão (Grupo 1) / R$ 1.190.000 (Grupo 2) / R$ 750 mil (Grupo 3)
— 3ª fase: R$ 1,9 milhão
— Oitavas: R$ 3 milhões
— Quartas: R$ 3,9 milhões
— Semi: R$ 8 milhões
— Vice: R$ 25 milhões
— Campeão: R$ 60 milhões

Saiba em que grupo ficou cada clube:

Grupo 1: América (MG), Athletico (PR), Atlético (MG), Bahia (BA), Ceará (CE), Corinthians (MG), Cruzeiro (MG), Flamengo (RJ), Fluminense (RJ), Fortaleza (CE), Grêmio (RS), Internacional (RS), Palmeiras (SP), Santos (SP) e São Paulo (SP)

Grupo 2: Atlético (GO), Avaí (SC), Botafogo (RJ), Coritiba (PR), Cuiabá (MT), Goiás (GO), Juventude (RS) e Red Bull Bragantino (SP)

Grupo 3: ABC (RN), ASA (AL), Alagoinhas (BA), Altos (PI), Anápolis (GO), Azuriz (PR), Bahia de Feira (BA), Brasil (RS), Brasiliense (DF), Botafogo (SP), Campinense (PB), Cascavel (PR), Castanhal (PA), Chapecoense (SC), Ceilândia (DF), Costa Rica (MS), CRB (AL), Criciúma (SC), CSA (AL), Ferroviária (SP), Ferroviário (CE), Figueirense (SC), Fluminense (PI), Globo (RN), Glória (RS), Guarani (SP), Humaitá (AC), Icasa (CE), Juazeirense (BA), Lagarto (SE), Londrina (PR), Manaus (AM), Maricá (RJ), Mirassol (SP), Moto Club (MA), Náutico (PE), Nova Iguaçu (RJ), Nova Venécia (ES), Novorizontino (SP), Paraná Clube (PR), Paysandu (PA), Ponte Preta (SP), Porto Velho (RO), Portuguesa (RJ), Pouso Alegre (MG), Oeste (SP), Operário (PR), Operário (MT), Real Noroeste (ES), Remo (PA), Rio Branco (AC), Salgueiro (PE), Sampaio Correa (MA), São Raimundo (RR), São Raimundo (AM), Sergipe (SE), Sousa (PB), Sport (PE), Tocantinópolis (TO), Tombense (MG), Trem (AP), Tuna Luso (PA), TunTum (MA), União (MT), URT (MG), Vasco da Gama (RJ), Vitória (BA), Vila Nova (GO) e Volta Redonda (RJ).

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Jogar ou engravidar: dilema das atletas brasileiras
Vazamento de dados do Pix pode gerar mais golpes
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde