Quinta-feira, 19 de Maio de 2022

Home Política Com eleições incertas, presidente da Câmara dos Deputados quer adiar escolha de próximo ministro do Tribunal de Contas da União

Compartilhe esta notícia:

Interlocutores próximos ao presidente da Câmara dos Deputados afirmam que Arthur Lira informou aos deputados que estão na disputa pela próxima cadeira de ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) a intenção de adiar o processo de escolha para depois das eleições, em outubro.

Estão na corrida os deputados federais Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR), Hugo Leal (PSD-RJ), Soraya Santos (PL-RJ) e Fábio Ramalho (MDB-MG). De acordo com interlocutores de Lira, ele acredita que seria mais legítimo e prudente deixar a escolha para depois do resultado das eleições gerais deste ano, de onde sairá o próximo presidente da República.

A vaga no TCU será aberta em julho, com a aposentadoria da presidente do tribunal, Ana Arraes. A indicação desta vaga cabe à Câmara dos Deputados. A indicação é cobiçada pelos parlamentares, sendo o cargo vitalício e com poderes de fiscalização dos recursos públicos.

Se a intenção de adiar a escolha do sucessor se confirmar, a cadeira poderá permanecer vazia por três meses. Parlamentares próximos de Lira minimizam a demora e afirmam que não seria a primeira vez que algum tribunal ficaria desfalcado à espera da escolha de um indicado, como ocorreu com o Supremo Tribunal Federal, que passou quatro meses com plenário incompleto até o nome do ministro André Mendonça ser votado pelo Senado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Contrabandista é preso com cigarros paraguaios em ônibus na Serra Gaúcha
Sérgio Moro escolhe argentino como marqueteiro de campanha
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News