Domingo, 22 de Maio de 2022

Home Brasil Companhias aéreas brasileiras são autorizadas a voar com menos comissários devido ao aumento de casos de coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Devido ao aumento de casos de coronavírus por causa da variante Ômicron, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) autorizou a Azul e a Gol a voarem com menos comissários de bordo nos aviões – três em vez de quatro profissionais. A Latam fez o mesmo pedido e aguarda resposta da agência reguladora.

Na prática, a medida obriga as empresas a reacomodarem passageiros em outros voos porque haverá limite de até 150 assentos em aviões com capacidade para até 186 pessoas. As companhias são obrigadas a manter um comissário para cada 50 passageiros.

Juntas, as três empresas detêm 98,2% do mercado doméstico de aviação no Brasil. As infecções pela variante Ômicron têm causado afastamento de tripulantes e cancelamentos de voos no País.

Em meio ao avanço da Ômicron e do vírus H3N2 da Influenza, as companhias aéreas estão dispensando muitos de seus tripulantes com síndromes gripais para que esses possam fazer o isolamento. Isso fez com que diversos voos fossem cancelados no início de 2022 no Brasil e também em outros países, como Estados Unidos e China.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Temporal com rajadas de vento acima de 100 quilômetros por hora causa destruição em Guaíba
Governo federal começa a pagar o Auxílio Gás
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News