Domingo, 03 de Março de 2024

Home Saúde Coreia do Sul desenvolve PCR capaz de detectar cinco variantes do coronavírus

Compartilhe esta notícia:

A Agência para Controle e Prevenção de Doenças sul-coreana (KDCA) anunciou, nesta sexta-feira (24), o desenvolvimento de um teste do tipo PCR que detecta as cinco variantes mais conhecidas do coronavírus, incluindo a Ômicron. O kit para realização do exame estará disponível para a população do país a partir de 30 de dezembro.

Com o anúncio, a Coreia do Sul se torna o primeiro país a conseguir detectar as cinco variantes mais comuns: Alfa, Beta, Delta, Gama e Ômicron. A pesquisa foi desenvolvida por meio de uma parceria público-privada.

De acordo com o diretor do KDCA, Jeung Eun-kyeong, nos atuais testes de PCR, em que são feitos sequenciamentos dos genomas, o resultado para determinar se uma pessoa está infectada pela cepa Ômicron pode demorar de três a cinco dias. Já com o novo kit, será possível ter um diagnóstico em três ou quatro horas após o teste.

A Covid-19 já causou mais de 5,3 milhões de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia. A doença respiratória, que é causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, foi detectada pela primeira vez, em Wuhan, cidade do centro da China, no final de 2019.

A Ômicron, cepa descoberta mais recentemente, foi classificada como preocupante pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e foi detectada primeiramente na África Austral, tendo se espalhado rapidamente pelos países europeus e já tendo chegado aos continentes asiático e americano.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Kate Middleton toca piano em especial de Natal na TV britânica
Bolsonaro faz pronunciamento de Natal ao lado da primeira-dama Michelle
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News