Domingo, 22 de Maio de 2022

Home em foco Dose de reforço: qual imunizante? Quanto tempo após a covid? Grávidas podem? Tire dúvidas sobre vacinação

Compartilhe esta notícia:

Já podem receber a terceira dose do imunizante anti-covid pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses.

Com a explosão do número de casos da covid no País, uma das principais dúvidas é o tempo de espera para se vacinar, caso a pessoa seja infectada.

O infectologista Gustavo Adolfo Passos explica a importância da terceira dose:

“Estudos já mostraram, principalmente em Israel, que, principalmente nas pessoas que tiveram covid lá no início da pandemia e que foram vacinadas nas primeiras doses, caiu bastante a quantidade de anticorpos. Por isso, é interessante fazer a vacinação novamente.”

Veja as principais dúvidas sobre a dose de reforço e respostas:

1) Quem já tomou a dose de reforço da Janssen vai tomar a terceira dose?

A Janssen tem esquema vacinal de dose única. A dose de reforço (DR) já é na segunda aplicação, e pode ser feita com a própria Janssen ou com vacina de outro fabricante.

2) Quem testou positivo antes da dose de reforço poderá tomar a vacina quando?

O recomendado é que a dose da vacina seja aplicada 28 dias após o início dos sintomas ou do teste positivo, no caso de pacientes assintomáticos.

3) Quando poderá tomar o reforço quem tomou a Coronavac há menos de quatro meses? É possível adiantar o reforço nesse caso?

A orientação do Ministério da Saúde é de que a dose de reforço (DR) deve ser aplicada quatro meses após a segunda dose (D2), independentemente da vacina tomada no esquema primário.

4) Para mulheres que estão tentando engravidar ou grávidas que tomaram a 1ª e 2ª dose da Pfizer, qual vacina devem tomar na 3ª dose?

A vacina usada em gestantes é a Pfizer.

5) A dose de reforço pode ser tomada junto com outra vacina, como a antitetânica?

Para adultos, sim. Para crianças, os municípios aguardam as orientações do Ministério da Saúde.

6) É possível tomar a terceira dose somente com a identidade e CPF, sem a caderneta de vacina?

Sim, mas pede-se, se possível, que a pessoa leve a caderneta de vacinação, o comprovante emitido no posto de vacinação ou o comprovante do ConecteSUS, para facilitar a identificação.

7) Quanto tempo depois de tomar a vacina a pessoa pode doar sangue?

Sete dias depois.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Máscara de pano não garante proteção contra nova variante do coronavírus
Ômicron é mortal e não deve ser chamada de variante branda, alerta a Organização Mundial da Saúde
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News