Terça-feira, 17 de Maio de 2022

Home Mundo Em meio a clima de tensão internacional, Bolsa brasileira de valores cai 1,4% e dólar sobe para 5 reais e 16 centavos

Compartilhe esta notícia:

Nesta quinta-feira (17), em meio a notícias sobre a crise entre Rússia e Ucrânia, o mercado brasileiro de capitais repercutiu o clima de tensão internacional. A bolsa de valores caiu 1,43%, fechando o pregão aos 113.528 pontos, enquanto o dólar voltou a subir, cotado no final da tarde em R$ 5,16 – valorizado em 0,76%.

A moeda norte-americana tocou em R$ 5,1836 na máxima do dia. Na semana, apresenta desvalorização de 1,44% e já perde 2,62% desde o começo deste mês. Executivo da Alphatree Capital, de São Paulo, Rodrigo Joligi não vê possibilidade de deterioração muito forte em ativos de risco mesmo se a ex-república soviética for invadida:

“Hoje temos uma realização de lucros no mercado local com essa questão da Rússia, mas acredito que ainda há muito fluxo estrangeiro por vir e que o dólar pode testar os R$ 5 ainda este mês”.

Com as atenções voltadas às tensões geopolíticas, investidores deixaram em segundo plano indicadores fracos da economia americana. Os pedidos de auxílio-desemprego no país subiram 23 mil na semana passada, a 248 mil, bem acima da previsão do mercado. Já as construções de moradias iniciadas tiveram queda de 4,1% em janeiro ante dezembro.

“Os indicadores americanos vieram um pouco piores do que o esperado e reforçam a possibilidade de que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) adote postura menos dura na política monetária, com possível alta de juros em março”, projeta o estrategista Jefferson Laatus, do grupo Laatus.

Ações

Em dia de agenda relativamente vazia, a bolsa de valores seguiu o movimento no exterior e se inclinou para uma realização de lucros, após sete altas seguidas, perdendo o patamar dos 115 mil pontos alcançado no pregão anterior. Na semana, o índice Ibovespa passa a cair 0,04%, ainda ganhando 1,23% no mês – em 2022, a alta é de 8,31%.

“O Ibovespa ficou bastante pesado com essa aversão a risco desde o exterior, e, além disso, o minério de ferro caiu 6% hoje no mercado chinês, com recuo global também no petróleo”, sublinha Flávio de Oliveira, executivo-chefe da Zahl Investimentos. “Então, não tivemos apoio das commodities, que era o que estava salvando o Ibovespa nesse momento de tensão.”

A Vale caiu 4,3% nesta quinta-feira, ao passo que a CSN teve desvalorização de 5,85% e as ações ON e PN de Petrobras cederam 0,47% e 0,39% cada. As ações de Gerdau e Usiminas baixaram 5,32% e 4,07%, respectivamente. O destaque positivo foram a Totvs e Marfrig, com altas de 5,81% e 4,22%, respectivamente.

Impasse no Leste Europeu

As Forças Armadas da Rússia podem não ter ultrapassado os limites da fronteira com a Ucrânia, mas uma guerra de narrativas já está em curso e deixa o mundo em suspense sobre os próximos passos, rumo à paz ou ao conflito.

Os Estados Unidos alegam que 7 mil soldados russos foram enviados à fronteira com a nação vizinha, na contramão do compromisso do governo de Vladimir Putin de começar a recuar.

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) também diz não haver evidência de diminuição da atividade militar na região e já considera reforçar suas forças de defesa no Leste Europeu.

O presidente norte-americano Joe Biden reforçou as incertezas ao dizer que a ameaça de uma invasão russa na Ucrânia é “muito alta” e levantou a possibilidade de que isso possa acontecer em “poucos dias”. Já o secretário de Estado, Antony Blinken, afirmou diante do Conselho de Segurança das Organização das Nações Unidas (ONU) que os planos da Rússia incluem a tomada de capital ucraniana Kiev.

Blinken enviou uma carta para o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, a fim de propor uma reunião presencial na próxima semana. A decisão do governo russo de expulsar o vice-embaixador dos Estados Unidos em Moscou, Bart Gorman, deverá ser abordada no encontro.

A possibilidade de conflito “ganhou força depois de rebeldes apoiados pela Rússia, no leste da Ucrânia, acusarem as forças do governo ucraniano de bombardear o território com morteiros”, avalia a especialista de ações Pietra Guerra, da Clear Corretora.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Rússia pode invadir a Ucrânia “sem aviso prévio”, diz Inteligência do Reino Unido
No Telegram, grupo antivacina espalha inverdades ao sugerir que imunização cria novas variantes do coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde