Sábado, 21 de Maio de 2022

Home Brasil Estados Unidos anunciam doação de 750 mil reais às famílias afetadas pelas chuvas na Bahia

Compartilhe esta notícia:

O governo dos Estados Unidos anunciou a doação de R$ 750 mil em assistência imediata para ajudar famílias atingidas pelas enchentes na Bahia. A informação foi divulgada no final desta semana por meio da Agência para o Desenvolvimento Internacional (USAID). O financiamento apoiará a aquisição local de itens não alimentares para as populações afetadas pelas enchentes.

A USAID também vai fornecer kits com vassouras, baldes e produtos de limpeza para cerca de 800 famílias baianas. Essa doação será feita por meio de programas americanos e parceira com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA).

A agência informou ainda que a Caritas Brasileira, grupo que promove ações de solidariedade nacionais e internacionais, vai fornecer roupas de cama, utensílios de cozinha e suprimentos de higiene.

De acordo com a USAID, os especialistas em desastres da agência na região e da cidade de Washington monitoram as enchentes na Bahia com parceiros humanitários e a Embaixada dos Estados Unidos.

Subiu para 850.325 o número de pessoas atingidas pela chuva na Bahia na última sexta (7), segundo informações da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec). Ao todo, 26 pessoas morreram e 520 ficaram feridas.

O número de desabrigados na Bahia – que são as pessoas que perderam seus imóveis e precisam de apoio do poder público – está em 26.534. Já o total de desalojados – que são as pessoas que também perderam os imóveis, mas foram alocadas em casas de familiares – está em 61.551.

Ao todo, 164 municípios baianos estão com decreto de situação de emergência.

Alerta

A situação na Bahia pode se agravar com a possibilidade de novos temporais, segundo alerta do Instituto Nacional de Meteorologia divulgado neste sábado (8).

O Instituto Nacional de Meteorologia divulgou um alerta de chuva intensa para algumas regiões do oeste da Bahia, passando por Brumado, até Vitória da Conquista, no Sudoeste do Estado, até a região de Porto Seguro, no sul da Bahia, chegando a Teixeira de Freitas, na divisa com Minas Gerais.

Teixeira de Freitas e Porto Seguro já foram afetadas pelas chuvas anteriores, no começo do mês de dezembro.

Causas

Especialistas em meteorologia e clima apontam a influência de diversos fatores sobre a tradicional Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), descrita pelo Inmet como “um dos principais sistemas meteorológicos responsáveis pela reposição hídrica em parte do Brasil no período chuvoso”.

Em geral, uma ZCAS tem como característica, explica o Inmet, “a persistência de nuvens que ficam, praticamente estacionadas, provocando muita chuva sobre as mesmas áreas por, pelo menos, 4 dias consecutivos”.

A ZCAS costuma ser um corredor de umidade que se estende desde partes da região Norte ao Sudeste do Brasil e ao oceano Atlântico Sul, passando também pelo Nordeste.

Mas o que acontece na Bahia pode ser considerado atípico e extremo, afirma o meteorologista Willy Hagi, da consultoria Meteonorte, pioneira no setor climático no Amazonas.

“Geralmente, a formação de eventos de ZCAS começa a partir da primavera entre meados de setembro e outubro e vai até os meses seguintes do verão e outono. Isso significa que é um fenômeno comum e esperado para essa época do ano, mas em dezembro temos visto esses eventos de ZCAS posicionados mais ao norte e atingindo o sul da Bahia com mais força”, afirma Hagi.

Para especialistas, há pelo menos três fatores que podem ser associados à alta intensidade das chuvas recentes na Bahia: La Niña, depressão subtropical e aquecimento global.

“Para o Norte e Nordeste do Brasil, a La Niña sempre vai ser um sinônimo de chuvas frequentes e acima do esperado”, afirma Hagi.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Lote de vacinas infantis da Pfizer deve chegar ao Brasil na madrugada da próxima quinta-feira
Telescópio James Webb, da Nasa, assume forma final no espaço
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News