Terça-feira, 16 de Abril de 2024

Home Brasil Exame da Ordem dos Advogados do Brasil tem suspeita de vazamento e adia correção de prova

Compartilhe esta notícia:

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) suspendeu a correção da prova prático-profissional (área trabalhista), aplicada na segunda fase do exame nacional, por suspeita de vazamento do conteúdo.

A segunda etapa foi realizada no domingo (11). Exigência para que o bacharel em Direito possa atuar como advogado, o exame tem duas etapas e a inscrição custa R$ 295.

Conforme a OAB, estão sendo adotadas as providências cabíveis para apuração dos fatos e identificação dos possíveis responsáveis. O órgão solicitou à Fundação Getulio Vargas, banca responsável pela aplicação do certame, informações e determinou a suspensão da correção das provas prático-profissional de Direito do Trabalho até posterior decisão.

A foto da prova circulou antes do término da prova, além de mensagem em grupo de WhatsApp antecipando o conteúdo da peça profissional.

Nota da OAB

“O presidente do Conselho Federal da OAB, a Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado (Coneor) e a Comissão Nacional de Exame de Ordem do Conselho Federal da OAB (Cneor) do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, comunicam a todos os interessados que, diante de informações na noite de ontem, 11 de dezembro de 2022, de possível vazamento do tema da prova prático-profissional da área jurídica de Direito do Trabalho do 36º Exame de Ordem Unificado, em grupos de aplicativo de mensagens, que estão sendo adotadas as providências cabíveis para apuração dos fatos e identificação dos possíveis responsáveis.

Desta forma, o Conselho Federal da OAB (Cfoab) solicitou à Fundação Getulio Vargas, banca responsável pela aplicação do certame, informações e determinou a suspensão da correção das provas prático-profissional de Direito do Trabalho até posterior decisão.

Além disso, o Cfoab enviou notícia-crime à Polícia Federal para fins de apuração e identificação dos membros do grupo do aplicativo de mensagens em que foram enviadas fotos e noticiando a possível peça profissional que seria cobrada na referida área.

Por fim, reafirmamos que nenhum membro da OAB tem acesso às questões ou às provas, e que o Cfoab trabalha diuturnamente para garantir a total lisura e a transparência do certame.

Outras providências a serem adotadas e demais informações referentes ao assunto serão divulgadas posteriormente nos canais oficiais do Cfoab e na página de acompanhamento do Exame de Ordem.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Fernando Haddad diz que anunciará “dois ou três” nomes da equipe nesta terça
Futuro Ministro da Casa Civil diz que governo deve ter cerca de 35 ministérios
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde