Quarta-feira, 29 de Junho de 2022

Home em foco França tem mais de 90 mil casos de covid em 24 horas e bate recorde

Compartilhe esta notícia:

A França atingiu um novo recorde de casos de covid-19 nas últimas 24 horas, uma alta que está sendo provocada pela variante ômicron, mais transmissível do que as cepas anteriores do coronavírus. Mais 91.608 contágios foram confirmados no país no período, segundo dados das autoridades de saúde, superando o recorde anterior, de quase 87 mil, estabelecido em novembro do ano passado.

O ministro da Saúde, Olivier Véran, afirmou no início da semana que a ômicron se tornará predominante na França entre o Natal e no Ano Novo.

Pelos cálculos das autoridades de saúde da França, o país deve superar 100 mil casos de covid-19 em 24 horas nos próximos dias, repetindo uma tendência que já está sendo observada no Reino Unido.

As hospitalizações e as internações em unidades de terapia intensiva também têm aumentado na França, mas não estão avançando tão rápido quanto os casos da doença.

Para evitar um novo lockdown no início de 2022, o governo de Emmanuel Macron quer aprovar um projeto de lei em janeiro para reforçar as regras de vacinação obrigatória contra a covid-19.

O plano prevê que a vacinação seja exigida na entrada de restaurantes e outros locais públicos. Atualmente, o governo obriga a apresentação de um certificado sanitário para o acesso a esses estabelecimentos, mas ele pode ser obtido também com um teste negativo para o vírus ou prova de recuperação de uma infecção.

A França também está acelerando a campanha de vacinação contra a covid-19 e começou a oferecer o imunizante para crianças de 5 a 11 anos nesta semana.

“Abrimos a vacinação oficial para as crianças nesta faixa etária”, declarou o ministro da Saúde, Olivier Véran, antes de informar que a dose de reforço ainda não foi ampliada aos adolescentes.”

Reino Unido

O Reino Unido teve 119.789 diagnósticos confirmados nas últimas 24 horas, o que equivale a um aumento de cerca de 50% na semana. A quantidade de óbitos não está acompanhando a alta, e segue em 147.

Para evitar o crescimento ainda maior dos casos, o país reinstalou algumas medidas de proteção. Autoridades britânicas sugeriram a volta ao teletrabalho quando possível, o uso do passaporte sanitário e a volta do uso de máscara em locais fechados, medida que havia sido derrubada no meio do ano.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Última chance para doar e garantir desconto no Imposto de Renda
Ministro da Saúde diz que não há emergência em vacinar crianças contra a covid
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde