Domingo, 14 de Julho de 2024

Home Mundo Israel pede que cidadãos do país deixem a Jordânia e o Egito

Compartilhe esta notícia:

Israel desaconselhou neste sábado (21) todas as viagens à Jordânia e ao Egito e pediu que os cidadãos que estão nos dois países “partam imediatamente”, de acordo com um comunicado do gabinete do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu.

O aviso para idas ao Marrocos aumentou para o nível 3, desaconselhando “qualquer viagem não essencial ao país”.

“Dada a guerra em curso, estamos testemunhando um aumento significativo nos protestos anti-Israel nos últimos dias em países de todo o mundo, e em particular nos países árabes do Médio Oriente”, dizia o comunicado, acrescentando que “a hostilidade e a violência têm foram exibidos contra símbolos judaicos e israelenses”.

Netanyahu prometeu “lutar até a vitória” na Faixa de Gaza, sinalizando que não haveria pausa no bombardeio militar e na esperada invasão do enclave após o Hamas libertar dois reféns dos Estados Unidos.

O grupo radical islâmico Hamas, que governa Gaza, libertou na sexta-feira (20) as norte-americanas Judith Tai Raanan, de 59 anos, e sua filha Natalie, de 17 anos, que foram sequestradas após o ataque terrorista em 7 de outubro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Polícia acha em São Paulo mais 9 metralhadoras furtadas do Exército
Ministro das Relações Exteriores do Brasil critica paralisia do Conselho de Segurança e pede criação de corredores humanitários
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News