Terça-feira, 23 de Abril de 2024

Home Copa do Mundo 22 Jornais repercutem o tricampeonato mundial da Argentina

Compartilhe esta notícia:

A Argentina se sagrou tricampeã mundial ao vencer a França na disputa de pênaltis por 4 a 2 depois de uma final histórica, com direito a empate em 2 a 2 no tempo normal e 3 a 3 depois da prorrogação. Messi (2) e Di Maria fizeram para os argentinos e Mbappé fez os três gols franceses.

Considerado um dos melhores jogadores da história do futebol, Lionel Messi é o grande nome da seleção argentina há alguns anos, algo coroado definitivamente com o título da Copa do Mundo de 2022, após ezocionante decisão contra a França.

Aos 35 anos, Messi jogou sua quinta Copa e conquistou o título mundial que não vinha desde 1986, quando Diego Maradona levou a albiceleste ao bicampeonato na decisão contra a Alemanha. Lionel é o jogador na história com mais partidas em Copas e, com os da decisão, passou Pelé em gols na competição.

A relação entre Messi e seleção foi atribulada por muitos momentos, mas ambos nunca abriram mão da devoção mútua, a vontade em fazer história e as marcas expressivas: é com a camisa da Argentina que ele disputou o 1000º jogo da carreira profissional, nas oitavas de final contra a Austrália, pelo Mundial do Qatar. E, mais especialmente, foi com ela que o camisa 10 atingiu o maior feito de sua carreira: o título mundial de 2022.

A Argentina quebrou um jejum de 36 anos e voltou a vencer uma Copa do Mundo. Com isso, os jornais do país destacaram o título no Mundial do Catar. O jornal “La Nacion” comemorou o título argentino, ressaltando que Messi comandou a seleção e o time tocou o céu no Catar.

O “Olé”, um dos jornais mais tradicionais da Argentina, deixou a imparcialidade de lado e comemorou com exclamações o tricampeonato.

“Abrace, grite, chore. Somos campeões mundiais na final mais apaixonante da história. Na final que ninguém imagina. Somos campeões mundiais apesar de Mbappé. Somos campeões mundiais e haverá tempo para analisar se tivemos que sofrer tanto. O que importa agora?”, escreveu o jornal.

Sobre Lionel Messi, o Olé estendeu o tapete vermelho para o camisa 10. Com os dois gols na decisão, o craque, enfim, foi coroado com o título que lhe restava conquistar na carreira.

“Quando outros pés decidem o jogo, além de um passe bom ou melhor, da ideia inesperada, do caminho que ninguém vê, da saída para o labirinto de pernas rivais, Leo tem a chave de todas as portas”, finalizou.

Na Espanha, o jornal “Marca” exaltou Lionel Messi que, enfim, conquistou sua Copa do Mundo. Segundo o portal, a Argentina conquistou o título na maior final de todos os tempos.

A conquista argentina também foi destaque nos jornais The Sun (Inglaterra), Bild (Alemanha), The Guardian (Inglaterra), L’Équipe (França), entre outros.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Copa do Mundo 22

Suspeito de liderar facção brasileira em Portugal é preso pela Interpol após ver jogo da Copa
Mortes em protestos no Peru chegam a 24, e comissão da Organização dos Estados Americanos pede investigação
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde