Quinta-feira, 18 de Agosto de 2022

Home Política Ministro do Supremo Luís Roberto Barroso quer o Congresso ativo em discussão sobre fake news no Telegram

Compartilhe esta notícia:

Apesar do empenho nas tentativas de buscar uma cooperação com o aplicativo Telegram no combate à desinformação, o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), vê como ideal que o assunto seja tratado pelo Congresso Nacional.

“Na volta do recesso parlamentar vou levar o tema aos demais ministros. Qualquer posição nessa matéria deve ser institucional, do Tribunal, e não do Presidente. Pessoalmente, no entanto, acho que o ideal seria o Congresso Nacional cuidar disso”, disse o ministro. À frente da Corte eleitoral até fevereiro, Barroso tenta conter a tempestade de fake news que se forma com a proximidade das eleições deste ano.

O TSE procurou a direção do Telegram para discutir o assunto, mas não teve resposta. Agora, a Corte avalia a possibilidade de vetar o aplicativo nas campanhas eleitorais.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Juiz derruba ordem de Joe Biden para que funcionários federais se vacinem nos EUA; 98% já foram vacinados
Ao se lançar à Presidência, Ciro Gomes foca em economia e no combate à corrupção
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa