Terça-feira, 25 de Junho de 2024

Home em foco Países europeus planejam deixar de comprar petróleo da Rússia em até seis meses

Compartilhe esta notícia:

Os países da UE (União Europeia) deixarão de comprar petróleo e produtos refinados da Rússia em até seis meses, informou nesta quarta-feira (04) a chefe da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen. A medida faz parte de uma nova rodada de sanções contra Moscou por causa da invasão na Ucrânia.

“Garantiremos a eliminação gradual do petróleo russo de forma ordenada, maximizando a pressão sobre a Rússia. Vamos eliminar gradualmente o fornecimento russo de petróleo bruto dentro de seis meses e produtos refinados até o final do ano”, disse Ursula ao Parlamento Europeu, sob aplausos dos legisladores.

“Não será fácil. Alguns Estados-membros são fortemente dependentes do petróleo russo. Mas temos que trabalhar nisso”, prosseguiu. A proposta ainda precisa de aprovação de todos os 27 países da UE.

Além dessa medida, também fazem parte de um novo pacote de sanções a exclusão de mais bancos russos do sistema Swift e o banimento de três canais estatais russos de comunicação, que não poderão distribuir conteúdo na Europa via cabo, satélite, internet ou aplicativos. A chefe da Comissão Europeia chamou os canais de “porta-vozes das mentiras e propaganda de Putin”.

Ela propôs também novas sanções contra militares russos de alta patente e indivíduos envolvidos nos ataques a Bucha, onde dezenas de corpos foram encontrados, levantando suspeitas sobre crimes de guerra russos. “Nós sabemos quem vocês são. E vocês serão responsabilizados”, completou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Em cinco anos, o real perdeu quase 30% do seu poder de compra
Agricultores familiares ocupam a Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde