Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

Home Porto Alegre Prefeitura de Porto Alegre prepara abrigos para acolher população afetada pela cheia do Guaíba

Compartilhe esta notícia:

A prefeitura de Porto Alegre prepara a abertura de novas alternativas para abrigar, provisoriamente, cidadãos afetados pela cheia do Lago Guaíba. Três locais devem ser somadas às estruturas que já estão em funcionamento: Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Vereador Antônio Giúdice, no bairro Humaitá; a Escola de Formação e Especialização de Soldados da Brigada Militar, no bairro Coronel Aparício Borges; e a Casa do Gaúcho, localizada no Centro Histórico.

Nesta quarta-feira (27), até as 18h, 173 pessoas estavam acolhidas pelo município. A Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, na Ilha da Pintada, atende 100 moradores, enquanto o ginásio do Departamento Municipal de Habitação (Demhab) recebe 54 no bairro Santana.

Também estão abertos o Instituto Educacional Infantil São Francisco, na Ponta Grossa (14 pessoas) e a Escola Estadual de Ensino Fundamental Custódio de Mello, na Vila dos Sargentos (5 acolhidos).

“Estamos com um trabalho permanente de convencer as pessoas a aceitarem o acolhimento. Há uma força-tarefa montada para não deixar moradores desassistidos e preservarmos o bem mais precioso, que é a vida”, disse o prefeito Sebastião Melo.

O Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) monitora o nível do Guaíba. Após atingir o pico de 3,18 metros no Cais Mauá, no início da tarde, o lago registrou 3,13 metros no fim da tarde, em tendência de queda. As comportas permanecem fechadas e foram reforçadas com 190 toneladas de areia, distribuídas em nove mil sacos posicionados na extensão do muro da Mauá.

Os agentes da Defesa Civil permaneceram mobilizados, ao longo de todo o dia, no atendimento à população que reside nas áreas de risco da Capital. O acesso aos abrigos deve ser solicitado pelo telefone 199 da Defesa Civil.

As equipes de médicos veterinários do Gabinete da Causa Animal (GCA) resgataram 52 animais que estavam dentro de moradias atingidas pela enchente nesta quarta-feira. O trabalho contou com a participação da ONG Mayday.

A Orla do Guaíba segue parcialmente interditada nos trechos 1 e 3. Os agendamentos dos equipamentos esportivos estão suspensos. A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) registrou, até as 18h, 22 ocorrências. Destas, quatro resultaram em bloqueio total por alagamento: avenida Nossa Sra. da Boa Viagem; avenida Presidente Vargas; avenida Guaíba x rua Dea Coufal; e rua dos Guenoas x rua Jacipuias. Três pontos apresentam semáforos fora de operação; um tem queda de poste.

As três unidades de saúde localizadas no bairro Arquipélago (US Ilha da Pintada, US Ilha do Pavão e US Ilha dos Marinheiros) não atenderam o público, durante todo o dia, em razão do alagamento das ruas no entorno. Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) circulam entre os pontos de acolhimento para garantir a assistência à população.

Três escolas municipais e oito conveniadas tiveram aulas suspensas nesta quarta-feira. São elas: EMEI Ilha da Pintada (Arquipélago), Escola Comunitária Anjo das Flores (Arquipélago), Escola Comunitária ABRASCE Ilha do Pavão (Arquipélago), Escola Comunitária Capela Navegantes (Cristal) Escola Comunitária ACOMUR (São José), Escola Comunitária Vila São Pedro (Partenon), Escola Comunitária Crescer com Lazer (Rubem Berta), Escola Comunitária Cantinho do Sol (Chapéu do Sol), EMEF Chico Mendes (Mário Quintana), EMEI Valneri Antunes (Mário Quintana) e Escola Comunitária Tia Rosa (Mário Quintana).

Em relação às doações, a prefeitura reitera que são solicitados alimentos não perecíveis, produtos de higiene pessoal e de limpeza, além de rações para cães e gatos.

Os donativos podem ser entregues no Centro Administrativo Municipal, na rua Gen. João Manoel, 157 – Centro Histórico, no térreo, das 9h às 17h, até esta sexta-feira (29).

Em caso de dúvidas e emergências, ligue para a Defesa Civil (199) ou Corpo de Bombeiros (193). Os serviços da prefeitura podem ser solicitados por meio do sistema 156 (telefone, site e aplicativo).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Senado aprova texto-base do marco temporal para terras indígenas
Ministra Rosa Weber se despede da presidência do Supremo Tribunal Federal
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias