Domingo, 07 de Agosto de 2022

Home Mundo Ucrânia estende medida que obriga os homens a permanecer no país

Compartilhe esta notícia:

Em meio à invasão russa, o Parlamento ucraniano aprovou neste domingo (22) a prorrogação da lei marcial e da mobilização geral até 23 de agosto.

As medidas foram sancionadas em 24 de fevereiro, quando a invasão do país começou. Os dois textos já haviam sido prorrogados, em duas ocasiões, pelo período de um mês.

A lei marcial é uma norma que um governo implanta para substituir todas as leis e autoridades civis por leis militares. Essas, por sua vez, passam a ser definidas por autoridades militarizadas. A lei marcial é implantada pelo Exército em resposta aos cenários de extremo conflito e a crises civis e políticas. Ou em situações de perigo e catástrofes que desestabilizam o governo. Ela ainda pode ser acionada em casos especiais, que os militares consideram “situações de caos”.

Junto com a lei marcial, a Ucrânia proibiu os homens de 18 a 60 anos de deixar o país. A medida permanecerá válida enquanto a lei marcial estiver em vigor.

Quase três meses depois do início de sua ofensiva, a Rússia continuava bombardeando o leste da Ucrânia neste domingo. Após o fracasso de sua tentativa de conquistar Kiev, as tropas russas concentram seus ataques, desde março, no leste ucraniano.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

“Vou mais escutar do que falar”, diz João Doria sobre reunião com PSDB nesta segunda
Estados Unidos analisam vacinas que possam ser usadas contra a varíola dos macacos
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News