Quarta-feira, 18 de Maio de 2022

Home Porto Alegre Atendimento do 156 de Porto Alegre recebeu quase 15 mil ligações nesta semana

Compartilhe esta notícia:

O atendimento 156 de Porto Alegre recebeu 14.969 chamadas, grande parte referente ao Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgoto), com 35,27%. Os temas mais solicitados na área do Dmae foram: vazamento na rede, contas de água, paradas operacionais e verificação de hidrômetro. O balanço corresponde a semana entre os dias 25 de fevereiro até 3 de março.

Informações sobre horários e itinerários de ônibus, veículos, apresentação do condutor e infração, recurso de multas e calçadas foram também demandas significativas (29,94%). A população questionou ainda sobre locais de vacinação, atendimento hospitalar, formas de acesso e informações sobre teste covid-19 (18,72%). Além disso, foram solicitadas informações a respeito de guias de pagamento IPTU, nota fiscal eletrônica e débito tributário (8,18%). Também informações sobre coletas em geral, descarte irregular, vistoria urgente, execução urgente, capina e roçada (7,89%).

WhatsApp

A prefeitura lançou mais um canal de atendimento para informações relacionadas aos serviços municipais. Agora, o cidadão também pode contar com o WhatsApp do serviço do 156. Para usar esse serviço, basta adicionar o número (51) 3433-0156 e iniciar a conversa. O usuário pode escolher as principais áreas de demandas de ligações do 156: Trânsito e Transporte; Água e Esgoto; Serviços de Saúde; Impostos e Taxas, Iluminação Pública, Serviços Urbanos e Zeladoria, Fiscalizações, Assistência Social (Fasc), Procon, Limpeza Urbana (DMLU) e Agendamento da Orla. São 11 serviços disponíveis.

Ouvidoria

A Ouvidoria-Geral do Município também divulgou balanço semanal de atendimentos. Entre os dias 25 de fevereiro e 3 de março, a Ouvidoria recebeu 113 manifestações pelo sistema me-Ouv, entre reclamações, denúncias, elogios e sugestões sobre os serviços da prefeitura que são prestados aos cidadãos. Conforme o coordenador Marcos Caetano Corrêa, a maior parte das demandas diz respeito à água e esgoto; vistoria, poda de árvore e tapa-buraco; fiscalização de obra, de calçada e de atividades econômicas; trânsito e transporte, educação e limpeza urbana.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Dona de linhão na Amazônia cobra R$ 1 bilhão e acusa Aneel de “usurpar” decisão do governo federal
Em 10 anos, 86 bilhões de reais deixaram de ser arrecadados com mercado ilegal de cigarros
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa