Domingo, 21 de Abril de 2024

Home Rio Grande do Sul Corpo de Bombeiros Militar gaúcho conclui o 1º Curso de Instrutor de Salvamento Veicular

Compartilhe esta notícia:

O 1º Curso de Instrutor de Salvamento Veicular (CISV) do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) terminou nesta sexta-feira (09). Dividido em duas partes, ele foi realizado remota e presencialmente, com 30 dias divididos em dois módulos.

Destinado para 28 bombeiros militares, sendo 24 deles do Rio Grande do Sul e os demais de outros Estados (Bahia, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Paraná), o CISV ministrou aulas de técnicas de salvamento veicular e atendimento pré-hospitalar, capacitando os discentes para a atividade docente.

No decorrer do curso, foi realizado o Workshop Estadual de Extração de Vítimas de Sinistros Automobilísticos e Restrição do Movimento da Coluna, no município de Dois Irmãos, que contou com a participação de, aproximadamente, 300 profissionais de resgate, incluindo bombeiros militares, bombeiros civis voluntários, resgatistas das concessionárias de rodovias e Samu.

Cooperação com o Detran

Os veículos utilizados nas instruções do CISV são oriundos do Termo de Cooperação 42/2019, firmado entre o Corpo de Bombeiros Militar e o Departamento Estadual de Trânsito (DetranRS), por intermédio da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

O termo prevê que o Detran repasse os veículos destinados à reciclagem siderúrgica ao CBMRS para que possam ser utilizados em cursos, treinamentos e instruções de salvamento e resgate veicular ministrados pela instituição, tudo com objetivo de qualificar os bombeiros militares no atendimento de ocorrências dessa natureza.

As instruções contaram com o apoio das três maiores marcas de desencarceradores do mundo (Lukas, Holmatro e Weber), além de instrutores do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná, de São Paulo e da Bahia.

Entrega de equipamentos

No encerramento do curso, foram entregues ao Corpo de Bombeiros Militar, de forma simbólica, 22 conjuntos de desencarceradores (R$ 163.783,78 cada), e 843 equipamentos de proteção individual, composto por capa e calça de combate a incêndio (R$ 4.321,20 cada). Os equipamentos visam qualificar e melhorar o atendimento das ocorrências pelos bombeiros militares, propiciando mais segurança à população gaúcha. Com recursos oriundos Tesouro do Estado e de emenda parlamentar, os valores investidos somam R$ 7.246.014,76.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Morte da rainha traz mudanças ao hino britânico e às cédulas de libra esterlina
Ex-chefe de polícia do Rio é preso; ele é suspeito por morte de bicheiro
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias